O Brasil é a nova super potência do surf mundial | Descobre porquê…

publicado há 1 ano por 0

Exclusivos-Curiosidades-BRASIL-NO-TOPO-DO-MUNDO

O Brasil é uma das maiores potências do surf mundial há vários anos, mas nos últimos dois passou a ser a maior.

O percurso foi longo e cheio de desafios mas é inegável este novo domínio. Ficar a conhecer 7 razões que colocam o Brasil como a actual superpotência de surf mundial.

1 – Os últimos dois campeões mundiais da WSL são brasileiros.

2 – Em 2015 3 dos 5 cinco surfistas que tinham hipóteses de vencer o título a partir do início da última etapa eram brasileiros.

3 – Os surfistas brasileiros venceram 12 das 37 etapas QS do ano, o que incluí 4 vitórias em provas com pontuação máxima (QS 10.000) sendo que uma delas foi realizada no coração da indústria, Lower Trestles, San Clemente, Califórnia.

4 – Mais de metade das etapas do CT de 2015 foram vencidas por brasileiros (6 em 11) e nos últimos dois anos estes surfistas conquistaram títulos em locais como Fiji, Teahupoo e Pipe. Ainda em 2015 apenas duas das finais no Championship tour não tiveram presença de pelo menos um surfista brasileiro.

5 – Todos os (6) surfistas brasileiros no CT de 2015 conseguiram a qualificação para o ano seguinte, que terá ainda mais três nomes novos como reforço.

6 – Ítalo Ferreira venceu o prémio de rookie of the year e Gabriel Medina venceu a Vans Triple Crown of Surfing.

7 – Desde 1998, ano em que a WSL criou o circuito júnior, 6 surfistas brasileiros foram campeões mundiais, totalizando 7 títulos em 16 disputados. A Austrália, com 4, é o segundo país com mais títulos. Os EUA (continente) têm zero campeões. Houve ainda 3 vice-campeões mundiais.

Tirando o The Quiksilver in Memory of Eddie Aikau, pouco mais falta a nível de títulos ao surf brasileiro. Tudo isto prova que, neste momento, o Brasil é a grande Superpotência do surf mundial!

Comentários