Foi a etapa que Jeffreys Bay, o Corona Open J-Bay, que Joel Parkinson escolheu para anunciar a sua retirada do Championship Tour. Foi aí, quando tinha 19 anos, que o australiano, actualmente com 37, venceu a sua primeira prova, como wildcard.

O ano era 1999, cerca de 2 anos antes de conseguir a qualificação para o tour, quando o jovem surfista de Colangatta tomou o tour de assalto, derrotando muitos dos melhores surfistas do planeta a caminho da final, onde bateu o actual coach de John John Florence, Ross Williams.

Seguiram-se mais 11 vitórias no CT,  várias vitórias na prestigiosa Triple Crown of Surfing e um título mundial em 2012. Apesar de continuar com surf para se manter no circuito durante mais alguns anos, o que é certo é que “Parko” mostrava algum desinteresse em algumas etapas do tour e era uma questão de tempo até fazer a sua comunicação.

Foi pela sua ligação emocional com o local da sua primeira vitória que Joel escolheu Jeffreys para anunciar a sua retirada, que acontece no fim do ano. No seu perfil de instagram, Parkinson deixou as seguintes palavras: “A primeira vez que fui a J-Bay foi há 19 anos. Eu era apenas um miúdo naquela época. Tinha perdido cedo na Ilha Reunião e apareci em J-Bay com dores de dente mas quando tive a primeira visão da onda a dor foi embora. Estavam 6 pés perfeitos de Boneyards a Impossibles, eu remei pelo keyhole, apanhei a minha primeira onda e foi isso. Perdi a cabeça. Pouco tempo depois estava no palco a segurar o troféu, não tinha certeza do que tinha acabado de acontecer, mas eu sabia que tinha encontrado minha segunda casa. Este é o lugar onde tudo começou para mim no tour, e é por isso que eu queria estar em J-Bay para anunciar que este será meu último ano no circuito. O Pipe Masters, em dezembro, será meu último evento. O “fogo” não existe há algum tempo e eu nunca quero surfar sem ele, então é hora de procurá-lo em outro lugar. O tour deu-me muito. Tantas memórias, muitos amigos e a oportunidade dos meus filhos verem o mundo, mas é hora de passar para o próximo capítulo. Isso significa uma última volta no circuito e eu mal posso esperar para conversar com muitos velhos amigos e pegar algumas ondas pelo caminho … começando esta semana no J-Bay.

A saída de Joel Parkinson, depois de muitos outros como, recentemente, Mick Fanning, Taj Burrow e até Tiago Pires, marca o fim de uma era…

Comentários