João Guedes fala sobre a onda que é candidata ao XXL Biggest Wave

publicado há 10 meses por 0

JOAO-GUEDES-XXL-BIGGEST-WAVE

Está mais do que estabelecido que o melhor surfista do Norte de todos os tempos, João Guedes, é também um dos mais atirados do nosso país. Seja em sessões de ondas pesadas na Galiza, a enfrentar a mais perigosa onda de Portugal, “secret spots” do Oeste, a competir no MOCHE Winter Waves ou no XXL Awards, Guedes é sempre um nome a ter em conta!

Mais uma vez uma das suas ondas está nomeada para uma categoria do WSL XXL Awards, a “Tag Heuer Biggest Wave”, com um “cacete” surfado na Nazaré e fotografado por Tó Mané!

E como por detrás de uma grande onda está sempre sempre uma grande surfada, Guedes contou-nos todos os pormenores dessa sessão incrível!

“Esta sessão foi no dia 23 de Dezembro, eu tinha acabado de chegar ao Porto para passar o Natal com a minha família quando começou o típico alvoroço de véspera de swell na Nazaré.

Eu estava sempre em contacto com o Ramon da Jet Resgate e com mais alguns surfistas que também iam estar presentes naquela sessão. Esperavam-se óptimas condições e por isso não consegui deixar passar esta oportunidade e decidi que tinha que voltar para baixo para também estar presente.

Arranquei nesse dia de madrugada para a Nazaré onde me ia encontrar com o Ramon e a equipe da Jet Resgate Portugal, que são com quem eu tenho treinado e com quem costumo ir neste tipo de aventuras e que me têm apoiado bastante. Juntou-se a nós o Rafael Tapia que também tinha vindo de propósito do Havai para este swell.

As condições estavam perfeitas e falava-se em tentar a remada. Eu não tinha prancha de remada e tinha acabado de receber uma prancha novinha de Polen feita pelo “Surdo”, especialmente para a Nazaré. Por isso optei por começar pelo tow-in com objectivo de testar a prancha. Quando chegamos ao outside o mar estava bastante grande e perfeito, vi alguns surfistas a começarem a remar nas guns e percebi que iriam tentar remar, confesso que foi o maior mar que já vi alguém a remar, “respect” a todos eles, inclusive ao Alex Botelho, Hugo Vau, João Macedo e Nic Von Rupp, que também tentaram a sua sorte na remada.

Como estava pessoal a remar fomos mais para o meio da praia de forma a dar-lhes prioridade. Apesar de estar bastante grande e ser possível apanhar ondas a remar, onde houve pessoal a bater os recordes das maiores ondas apanhadas na remada na Praia do Norte, havia algumas ondas já demasiado grandes e a rebentarem mais fora que eram muito difícil ou quase impossível para a remada e foi nessas que nos concentramos.

Acabei por apanhar algumas ondas durante a manhã e esta foi sem dúvida uma das maiores que já apanhei na Nazaré e a maior onda que já dropei. Depois foi a vez do Rafael surfar e eu fiquei a dar apoio na segunda mota enquanto o Ramon pilotava. Infelizmente num dos resgates o Ramon deslocou o ombro ao passar uma espuma no inside e tivemos de voltar ao porto. Ainda tentamos voltar depois de lhe colocarem o ombro no sítio, mas as dores não o deixaram continuar e demos por finalizada a sessão.

Ainda deu para ver de dentro de água o Ross Clark-Jones a apanhar a bomba do dia em tow numa onda que entrou mesmo no canhão e onde ele demonstrou toda a sua experiência, era uma onda realmente grande!!

Resta-me agradecer a todos os presentes e a toda a equipe Jetresgateportugal por todo o apoio e ao To Mané por ter imortalizado este momento.”

Podes ver a sua onda AQUI!

Comentários