Faltam pouco mais de 10 dias para o início do EDP Billabong Pro Ericeira, a mais importante prova QS realizada em solo Europeu. Por se realizar pouco antes da próxima etapa do Championship Tour, por oferecer 10.000 pontos no ranking e pela reconhecida qualidade das ondas de Ribeira D’Ilhas, esta prova atraiu muitos dos grandes nomes do surf mundial.

A liderar esta lista está o actual número 2 do mundo, Gabriel Medina. Será a segunda vez do ex-campeão mundial na prova de Ribeiro D’Ilhas. Em 2011, o ano em que se conseguiu a classificação para o Championship Tour, Medina era conhecido pelos seus aéreos e surf de frontside. Quando passou por Portugal para competir nesta prova, Gabriel mostrou que o seu backside não era inferior e ao longo dos dias de prova fez do melhor surf de costas para a onda alguma vez visto naquela praia. Nas meias finais derrotou John John Florence, perdendo apenas para Julian Wilson na final, começando a que é talvez a maior rivalidade da actualidade no surf profissional.

Segue-se Ítalo Ferreira, o número 4 do mundo, que também tem um bom historial na Ericeira. Em 2014 Ítalo, que entretanto já estava qualificado para o CT, disputou o World Junior Championship, sendo apenas parado na final por um inspirado Vasco Ribeiro, saindo mesmo assim de Portugal como vice-campeão do mundo. Pouco meses depois Ferreira começava um percurso na elite do surf mundial que o colocou entre os melhores e em 2018 é um forte candidato ao título.

Também Kanoa Igarashi, Griffin Colapinto, Adriano de Souza, Ezekiel Lau, Yago Dora, Tomás Hermes, Connor O’Leary, Michael February, Jesse Mendes, Keanu Asing, Ian Gouveia, Matt Wilkinson, Pat Gudauskas e Joan Duru surgem em representação do Championship Tour, fazendo desta uma das provas com mais membros da elite de todo o ano.

E claro, como não poderia deixar de ser, Frederico Morais, outro surfista com forte historial em campeonatos em Ribeira D’Ilhas também estará presente. Kikas está mais focado no seu ranking do Championship Tour mas um bom resultado em casa poderá proporcionar-lhe mais segurança para as etapas que faltam. A “Armada Lusa” é aina reforçada por Vasco Ribeiro, que também conta com diversas vitórias neste local, incluindo a etapa que lhe garantiu o título mundial, e ainda Miguel Blanco, que venceu recentemente uma etapa da Liga MEO surf em Ribeira D’Ilhas. A eles poderá ainda juntar-se mais um ou dois nomes via wildcard, uma vaga que ficaria muito bem nas mãos de Tomás Fernandes, em representação os surfistas locais, mas a sua presença é ainda mera especulação.

Não percas toda a acção do EDP Billabong Pro Ericeira AQUI entre 24 e 30 de Setembro…

Comentários