Mais um evento, mais um resultado sólido para Frederico Morais. O português do Championship Tour está a ter um grande ano de estreia no mais importante circuito de surf do planeta.

O surfista de Cascais começou o ano com um 13º lugar na Gold Coast, seguiu-o com um 25º em Margaret River e logo na terceira etapa fez um grande resultado, um 5º lugar em Bells Beach, mostrando aos seus adversários que seria um nome a não substimar.

Morais conseguiu 13ºs na etapa brasileira e em Fiji e, de seguida, ficou perto de se tornar no primeiro português a vencer uma etapa do CT, acabando num sensacional segundo lugar em Jeffreys Bay. Em Teahupoo terminou novamente em 25º mas agora, em Lower Tresltes, juntou mais um 5º lugar à sua “causa”, subindo mais 3 lugares no ranking e passando para a 11º posição do ranking.

Neste momento a disputa pelo prestigioso prémio de rookie do ano está entre o português e o australiano Connor O’Leary, que se encontra apenas 50 pontos à sua frente. A vantagem para o luso é que tem duas etapas de pontuações baixas para eliminar, enquanto que Connor apenas tem uma.

Independententemente de se tornar ou não no rookie do ano uma coisa é certo, Fredrico é um dos nomes confirmados para o Championship Tour de 2018!!

Comentários

Deixe uma resposta