Durante o segundo round do Vans World Cup of Surfing foi anunciado que haveria uma substituição numa das baterias da fase seguinte, Frederico Morais tinha-se retirado do evento.

Durante horas não se soube mais detalhes até que um dos comentadores, Kaipo Guerrero, divulgou que o português estava lesionado. Fontes próximas da ONFIRE revelaram que se tratava de um entorse mas o actual número 21º do Championship Tour aguardava a chegada do seu pai ao Havai, o fisioterapeuta Nuno Morais, para perceber melhor o que se passava e eventualmente fazer algum tipo de comunicado sobre o tema.

Foi via “instastory” que “Freddy” falou sobre a lesão, enquanto era tratado pelo seu pai. “Olá a todos. Como alguns já sabem, eu saí do evento de Sunset. Isto porque há 4 dias atrás sofri um entorse grave e pronto. Agora é ver se consigo recuperar a tempo do Pipe Masters. Tenho aqui a melhor companhia, o melhor fisioterapeuta do mundo, o meu pai. Agora é acreditar que é possível e obrigado pela força!“, comentou Morais.

 

 

A cerca de 9 dias do início do período de espera Billabong Pipe Masters Kikas ainda tem muito tempo para recuperar. No entanto, caso não consiga competir no seu melhor nível, o português poderá ficar numa situação bastante “precária” já que tem vários surfistas com hipóteses de o superar no ranking. Em outro ano se o português perdesse a sua vaga neste contexto poderia candidatar-se a um replacement wildcard mas este ano já há grande disputa, entre John John Florence, Caio Ibelli e Kelly Slater, para as suas vagas disponíveis no tour de 2019.

No entanto quase que podemos apostar que Frederico Morais não só irá competir em Pipe como fará mais um resultado histórico para o surf português.

O Billabong Pipe Masters realiza-se entre 8 e 20 de Dezembro, em Pipeline, Oahu, Havai. Acompanha toda a acção em directo AQUI!

Heats do round 1
Heat 1: Jordy Smith, Frederico Morais, Kelly Slater
Heat 2: Owen Wright, Yago Dora, Miguel Pupo
Heat 3: Italo Ferreira, Joan Duru, Keanu Asing
Heat 4: Filipe Toledo, Matt Wilkinson, Caio Ibelli
Heat 5: Julian Wilson, Tomas Hermes, Wildcard
Heat 6: Gabriel Medina, Connor O’Leary, Wildcard
Heat 7: Wade Carmichael, Griffin Colapinto, John John Florence
Heat 8: Kanoa Igarashi, Sebastian Zietz, Michael February
Heat 9: Michel Bourez, Ezekiel Lau, Ian Gouveia
Heat 10: Conner Coffin, Jeremy Flores, Jesse Mendes
Heat 11: Kolohe Andino, Adrian Buchan, Joel Parkinson
Heat 12: Willian Cardoso, Michael Rodrigues, Patrick Gudauskas

Comentários