Francisco Duarte continua na sua rota de Verão muito pessoal

publicado há 7 meses por 0

Francisco-Duarte-Parte-II-01

Diferente para um jovem surfista competidor, que em vez de ir competir na perna europeia dos QS neste mês de Agosto, optou por viajar para destinos de ondas perfeitas…

Depois da sua chegada e início de temporada em Lakey Peak, Francisco Duarte passou mais uns bons dias a usufruir da perfeição de Lakey e das ondas em redor deste triângulo perfeito em água quente e clima tropical! E depois, rumou para Bali!…

“Day 5 | 10:00am | A Rotina
A rotina do meu dia-a-dia foi sempre bastante parecida. Acordar às 6/6:30m da manhã, ir para o primeiro surf matinal com alguma coisa leve no estômago para me dar energia, surfar cerca de 2h/2:30m. Regressar ao hotel já por volta das 9h da manhã, onde então tomava um pequeno-almoço muito mais completo e com imensa variedade de coisas! O meu preferido foi a omelete com noodles, torradas e um mix ‘juice’!

Francisco-Duarte-Parte-II-03
De seguida, alongava sempre um bocadinho, uma coisa leve, e descansava durante pouco tempo. Por volta das 10:30m/11h estava novamente de volta à água para o segundo treino do dia, onde usufruía de mais 2 horas de surf! À hora de almoço aproveitava para recarregar mais energias para o resto do dia!
Durante a tarde, surfei sempre no mínimo mais duas horas, umas vezes mais tempo, dependia sempre se o vento tinha ficado muito forte ou não! E acabava o meu dia com uma longa sessão de alongamentos por volta das 18:30m, ao pôr do sol!
Aproveito já para deixar aqui um enorme agradecimento à família do Martim Paulino por toda a ajuda que me tem dado aqui na Indonésia, nomeadamente ao Miguel Paulino pela ajuda e filmagens que tem contribuído muito para a minha evolução.

Day 11 | 13:00 | Novas Ondas
Durante estes dias decidi mudar um pouco a rotina e aproveitar um bom swell que tinha chegado a Lakey, e, assim sendo, aluguei uma mota e fui todas as manhãs à excelente direita de Periscope para treinar o meu frontside!

Francisco-Duarte-Parte-II-02
Sem carta em Portugal, na Indonésia não há nenhuma obstrução, até porque regras na estrada não existem, ou parecem não existir, e como o caminho é maioritariamente de terra, não tive qualquer problema! Também tive a oportunidade de surfar com alguns atletas do team internacional da Rip Curl como o Mason Ho, o Dillon Perillo e o Pat Curren. Foi uma óptima experiência!

Dia 13 | Para Bali, de carro?…
Junto com a família do Martim Paulino, decidimos rumar de carro até Bali! Portanto não percas o próximo report em que vou falar das aventuras da viagem de carro de Lakey Peak até Bali, das ondas e da minha estadia em Bali até ao final da minha viagem, dia 29 de Agosto!
Aproveito ainda para agradecer aos meus patrocinadores, pois sem eles esta viagem não seria possível, nomeadamente ao Guilty By Olivier, ao Clube Naval de Portimão, à Bart, à Xhapeland, à Wanted SurfBoards, à White Clinic, ao Memmo Baleeira Hotels e ao ginásio Mega Craque, em Lisboa, onde preparo as minhas épocas competitivas!”

Fica atento, aqui no site da ONFIRE, à terceira e última parte das aventuras de Francisco Duarte (e família Paulino) pela Indonésia. Esta promete pois sabemos que fazer o percurso Lakey-Bali (duas ilhas diferentes para começar) de carro só pode ter sido uma aventura ao melhor estilo Mogli!

Comentários