Flashback | Mick Fanning aos 16 anos

publicado há 1 ano por 0

MICK-FANNING-AOS-16-ANOS-FLASHBACK

Em que ponto nas suas carreiras estavam os melhores surfistas da actualidade quando eram adolescentes? Fica a conhecer o “roteiro” da vida dos teus surfistas preferidos, da adolescência à actualidade.

Surfista – Mick Fanning
Tinha 16 anos em – 1997


Idade actual – 34 anos

Em que ponto estava a sua carreira aos 16 anos…

Mick já mostrava muito potencial e era apontado como uma das grandes esperanças australianas da época juntamente com Joel Parkinson, Dean Morrison e outros. Na altura, apesar de ainda estar na escola, já tinha o surf como seu foco principal e ambicionava ser profissional. Surfava regularmente com os seus três irmãos mais velhos, com quem aprendeu muito enquanto jovem. Na época ainda era patrocinado pela Quiksilver e já era treinado por Phil McNamara, que reconheceu o seu potencial e com quem trabalha até aos dias de hoje.

O que se seguiu…

Pouco tempo mais tarde assinou pela primeira vez com a Rip Curl, marca que o continuaria a apoiar até à actualidade. Aos 18 anos o seu mundo foi abalado pela morte de Sean, um dos seus irmãos e com quem ambicionava um dia correr o circuito mundial. Depois de uma fase em que assumiu, mais tarde, ter perdido a vontade de surfar, Fanning voltou mais forte e garantiu uma série de títulos. Venceu (no ano seguinte) o prestigioso Narrabeen Pro Junior, uma prova que teve como vencedores no passado vários campeões do mundo, como Tom Carroll, Occy e Slater.

mick2

A primeira vitória no Championship Tour. Photo by WSL

Seguiu-se uma vitória num QS 4 estrelas (2000), uma vitória num QS 6 estrelas (2001) e o seu quarto convite para participar numa etapa do Championship Tour, o Rip Curl Pro Bells Beach. Mick venceu essa etapa e provou ao mundo que era um dos grandes surfistas da actualidade. Ainda nesse ano participou na etapa de Sunset, que fez parte do CT por poucas temporadas, e terminou em 5º lugar, deixando claro que seria um “contender” num futuro próximo.

No Championship Tour…

Como seria de esperar, Fanning muito rapidamente se estabeleceu entro do top 5 da elite do surf mundial. Em 2002, o seu primeiro ano, terminou em 5º lugar, seguido de um 4º lugar em 2003. O ano seguinte foi o seu pior no tour, terminando em 43º lugar, mas há uma boa justificação, contraiu uma lesão grave. A aterrar de um floater, numa viagem à Indonésia, Mick desfez um tendão na perna e ficou a dúvida se alguma vez voltaria a surfar ao seu melhor nível. Em 2005 regressou ao tour com um injury wildcard e venceu duas etapas, provando que estava ainda melhor que no passado.

Mesmo assim teve de esperar pela sua hora para conseguir o primeiro título mundial. Até ao fim de 2006 o circuito foi dominado por apenas dois nomes, Kelly Slater e Andy Irons. Mas, no ano seguinte, Fanning deu tudo o que tinha e conseguiu o seu primeiro título mundial, repetindo a dose em 2009 e 2013. Em 2014 e 2015 esteve na disputa até à última etapa, ficando a pouco mais de um heat de ter conseguido mais títulos.

mick1

O primeiro título mundial. Photo by WSL

Onde está agora…

A tirar um “personal year“. Os últimos anos a competir ao mais alto nível do surf profissional tiveram o seu peso e o icónico australiano está na sua primeira pausa competitiva desde o ano da sua lesão. 2015 foi um ano especialmente pesado devido ao ataque de tubarão de que foi vítima, ao seu divórcio e à perda de mais um irmão durante a etapa decisiva do título, o Pipeline Masters. Mas, pelo que tem partilhado nas redes sociais, este que é um dos melhores surfistas de todos os tempos, está numa boa fase a nível pessoal e pretende competir numa das próximas etapas do tour, o JBay Open!

Comentários