Na última década a comunidade surfista perdeu um grande número de nomes bem conhecidos a nível mundial. O mais conhecido é Andy Irons, que faleceu de forma trágica em 2010.

Depois foi “Buttons” Kaluhiokalani em 2013, Ricardo dos Santos  e Shawn Barron 2015, Jean da Silva e Oscar Moncada em 2017, e Chris Brown em Janeiro de 2019, só para mencionar alguns.

Infelizmente hoje a lista aumentou com a morte do surfista profissional brasileiro, Leonardo Neves. Este bicampeão brasileiro esteve no Championship Tour durante dois anos e no circuito QS por mais de uma década e ainda hoje se mantinha activo a nível competitivo.

Foi numa prova de surf que Leo perdeu a vida, na Triplice Coroa de Saquarema, um evento realizado no Rio de Janeiro, Brasil. O mar estava grande e pesado e depois de fazer algumas ondas Neves voltou para o outside, onde se sentiu mal e acabou por se afogar. Todos os esforços foram feitos para o reanimar mas não foram bem sucedidos e Leonardo faleceu, rodeado de amigos e de um dos seus quatro filhos, Valentin Neves, também ele um surfista profissional.

RIP…

 

Comentários