Eduardo Fernandes fala sobre a sua vitória na Liga MOCHE | Mini-Entrevista

publicado há 2 anos por 0

EDUARDO-FERNANDES-MINI-ENTREVISTA

Eduardo Fernandes ocupava a 19ª posição no ranking da Liga MOCHE antes da etapa da Praia Grande. Não foi por falta de surf que o luso-brasileiro se encontrava na sua pior posição dos últimos anos mas sim por uma lesão que não deixou que mostrasse o seu melhor surf este ano. Os resultados de 2011, quando venceu pela última vez e disputou o título do circuito, pareciam uma realidade distante, mas o seu surf contava outra história. Até que no Allianz Sintra Pro tudo mudou e “Edu” voltou a vencer. Minutos depois da entrega de prémios os jornalistas faziam fila na praia para o entrevistar e o mais recente vencedor da Liga recebeu-os a todos sem hesitações, incluindo à ONFIRE!

Edu, acabaste de ganhar uma etapa da Liga MOCHE, como te sentes?
Estou a sentir-me muito bem com a vitória, era o meu objectivo para esta etapa. Vim de três etapas em que estava lesionado e não consegui mostrar nem 50% do meu potencial, mas agora já posso dizer que estou a 100%! Eu tenho treinado muito para estar bem fisicamente, dentro e fora de água, tenho estado no ritmo e deu tudo certo nesta etapa.

Já lá vão quatro anos desde a tua última vitória e última final na Liga, em algum momento deixaste de acreditar que poderias vencer de novo?
Não, não se pode deixar de acreditar senão não fazia sentido estar aqui. Eu acho que todos temos esse objectivo, às vezes não corre como queremos mas tentamos dar sempre o nosso melhor. Já passou muito tempo desde a última vez que ganhei, hoje consegui e espero continuar assim para a próxima etapa e para as etapas do QS do resto do ano.

O prize money que recebeste com esta vitória vai te dar a possibilidade de fazer campeonatos que não ias conseguir fazer?
Com certeza, este prize money vai me ajudar muito! Já tenho dinheiro para fazer as etapas da Europa, juntamente com o dinheiro que fiz a dar aulas de surf pois desde que perdi o meu patrocínio eu tive de me sustentar assim. Estou contente por esta vitória e também pelo prize money, vamos ver como corre e se consigo um novo patrocínio assim, que é o meu grande objectivo.

Quais são as grandes diferenças da Liga MOCHE de 2011, quando venceste outra etapa, e a Liga actual?
O nível de surf aumentou muito, os surfistas portugueses estão muito melhores, têm treinado muito e evoluíram muito, podemos dizer que somos os melhores da Europa, há 7 portugueses nos Prime. Sempre que fazemos uma bateria com um deles temos de dar o máximo senão não dá para passar.

Sentes que se deu algum “click” nesta etapa e a partir daí bateu tudo certo?
Como não consegui mostrar nada nas três primeiras vim sem pressão nenhuma, só a querer mostrar o meu surf, que não tinha conseguido até aqui. Estava muito motivado e tudo deu certo. Também estava rodeado de pessoas que estavam sempre a motivar-me e incentivar, acho que isso faz muita diferença.

Houve algum heat que se destacou para ti?
Acho que o mais especial foi mesmo a final. Competi contra o Nicolau que é um surfista que admiro muito e é uma inspiração para mim também, é um goofy com muito power e local desta praia. Acho que foi com certeza a melhor bateria!

Comentários