Chegou ao fim a primeira etapa do Championship Tour da WSL e com ela o primeiro vencedor dos prémios Billabong na liga “ONFIRE Surf Powered by Billabong”.

A mudança de última hora para Duranbah, uma onda muito diferente da tradicional localização de Snapper Rocks, traiu os mais desatentos e logo no fim do segundo round muitos dos participantes nesta começaram a ficar para trás. As derrotas prematuras de surfistas como Kelly Slater e Caio Ibelli, no round 2, e ainda Julian Wilson e Griffin Colapinto, no round 3, deixaram muitos fora da disputa pelo vale de 80 euros (que pode ser usado nas lojas Ericeira Surf & Skate, Billabong ou 58 Surf em produtos da Billabong).

Durante algum tempo foi o conhecido fotografo, Tó Mané, quem liderava este ranking, apesar de ter perdido um dos seus top2, Filipe Toledo, no round 4. No entanto ainda estava tudo em aberto e em 9º lugar antes do último dia de prova estava um participante pelo nome de “Nuno’s Picks” com uma equipa sólida.

Com as derrotas de John John Florence, nas meias finais, e Gabriel Medina, nos quartos de final, alguns dos “front runners” começaram a cair. Enquanto isso “Nuno’s Picks” ia subindo à medida que os finalistas, Ítalo Ferreira e Kolohe Andino, iam avançando. Também as suas escolhas de John John Florence, Mikey Wright e Reef Heazlewood pontuaram bem, completando ainda a equipa com Jack Freestone, Griffin Colapinto e Mikey Wright para acabar na frente com 477.14 pontos e garantir o prémio desta primeira etapa!

A próxima etapa é o Rip Curl Pro Bells Beach, que se realiza entre 17 e 27 de Abril. Não te esqueças de participar e disputar mais um vale de 80 euros que pode ser usado nas lojas Ericeira Surf & Skate, Billabong ou 58 Surf em produtos da Billabong.

Ainda não fazes parte da league “ONFIRE Surf Powered by Billabong”? Descobre como podes participar AQUI!

Comentários

2 comentários a “E o primeiro vencedor da league “ONFIRE Surf Powered by Billabong” é…”

  1. Nuno misturas diz:

    Olha olha não sabia que anunciavam aqui o vencedor. 😁
    Só espero manter o ritmo 😉
    Abraco