Disputa pelo wildcard no MOCHE Rip Curl Pro Portugal reduzida a três surfistas

publicado há 2 anos por 0

DISPUTA-PELO-WILDCARD-REDUZADA-A-3

O  Allianz Billabong Pro Cascais  não está “apenas” a distribuir pontos para o QS e para o Portuguese Waves Series Cascais Trophy…

Na disputa está também um wildcard no MOCHE Rip Curl Pro Portugal, que será realizado em Peniche/Cascais entre 20 e 31 de Outubro, para quatro surfistas do team MOCHE. Vasco Ribeiro é o principal candidato ao wildcard e ao avançar duas fases no evento colocou-se numa excelente situação para conseguir pela primeira vez na sua carreira participar numa etapa CT.

Entre os quatro team riders seria Nicolau Von Rupp, o wildcard (via trials) da etapa do ano anterior, o primeiro a ficar fora da disputa por ter sido eliminado no round 1 desta prova.

Além de Vasco, Frederico Morais e Tiago Pires também seguiram em frente mas a qualificação de Ribeiro para a segunda fase obriga Morais a garantir pelo menos uma vaga no round de 24 (3ª fase) e Pires ficou a chegar ao round de 16 para conseguirem passar os 5.850 pontos que o surfista de S. João já tinha garantido, mesmo que perdesse no próximo heat em 4º lugar.

Mas Ribeiro avançou novamente e aumentou a fasquia. Vasco garante assim pelo menos 7.050, caso perca no seu próximo heat, obrigando Frederico a chegar ao round de 16 para fazer 8.260 pontos e Tiago aos quartos de final, para conseguir 7.400 pontos.

Entretanto Frederico Morais também avançou e mantem-se de olho no wildcard, tal como Tiago Pires que irá competir no último heat da fase contra Evan Geiselman, Kanoa Igarashi e Wiggolly Dantas.

É possível que seja amanhã o dia das decisões (no que toca à atribuiçaõ do wildcard), acompanha tudo em directo AQUI!

Comentários