Da Groms | Os Destaques da Nova Geração | Guilherme Ribeiro

publicado há 2 anos por 0

DA-GROMS-GUILHERME-RIBEIRO

“Da Groms” é a rubrica da ONFIRE que, como o nome indica, é 100% dedicada aos melhores surfistas de Portugal com 14 anos ou menos.

Fica a conhecer Guilherme Ribeiro…

Idade – 13 anos
Anos de surf – 7
Stance – Regular
Praia – Costa de Caparica
Treinador – Jorge Ribeiro
Resultados principais:
– Bi-Campeão Nacional Sub-14 (2014 e 2015);
– Vice -Campeão Nacional  Sub-12 (2012, 2013 e 2014);
– Membro da Selecção Nacional para o Euro Junior em 2014 (9º Lugar individual, 3º Lugar por equipas) no escalão Sub-14;
Escola de surf/treinador – Jorge Ribeiro
Patrocínios – O´Neill, Mattashapes, Creatures of Leisure, Sex Wax e Future Fins

Guilherme Ribeiro segundo Jorge Ribeiro (pai e treinador):

“O Guilherme é um atleta cheio de garra e atitude. Gosta de ondas médias/ grandes, perfeitas e tubulares, daí eleger as praias da Ericeira (como por exemplo “os Coxos”) ou as de Peniche (por exemplo “Supertubos”) como as suas preferidas.

Começou a ter os primeiros contactos com o surf (tinha 3 ou 4 anos) por influência do pai (surfista há mais de 30 anos) e até aos 6/7 anos praticava mais de verão e algumas vezes de inverno. A partir dos 7 anos ficou autónomo e começou a praticar todo o ano.

Normalmente pratica com o irmão – Tomás Ribeiro – e com mais dois amigos gémeos – Simão e Gaspar Teixeira. É um grupo muito divertido e desafiante, pois os outros 3 elementos são todos mais velhos (16 anos) e “atirados”. Até deram nome ao grupo “Galé”.

O Guilherme tem como referências nacionais o “Kikas” e o “Nic Von Rupp”. Em termos internacionais são vários os atletas desde o Jordy Smith,  JJ Florence, Kelly Slater, Julian Wilson entre outros bons surfistas.

O Guilherme é um surfista apaixonado, um grande competidor, muito regular, pragmático e aguerrido. Em competição normalmente “dá tudo o que tem e não tem”, é criativo e lida bem com a pressão.

A sua geração é rica em valores de tenra idade, não admira que atletas nacionais como Afonso Antunes, João Vidal, Martim Paulino e mais recentemente Quim Jó, sejam alguns dos seus principais adversários. Na Europa atletas como Marco Mignot, Justin Becret, os irmãos Amatrian, Noa Dupouy, entre outros, são adversários a ter em conta.

Em relação a objectivos a curto/ médio prazo está em primeiro lugar a continuação da sua evolução e formação como atleta e pessoa, em segundo lugar a procura da conquista de títulos nacionais e internacionais (Rip Curl Grom Search e Volcom TCT)  bem como as chamadas à selecção nacional e participação no circuito Pro Junior Europeu (WJSL) . A longo prazo trabalhar para ser campeão Europeu e Mundial  Projunior da WSL e começar a entrar nos QS.”

Comentários