CT 2017 | Ian Gouveia | New On Tour

publicado há 4 meses por 0

new-on-tour-ian-gouveia

O circuito de qualificação já chegou ao fim e o Championship Tour da WSL de 2017 já tem alguns nomes novos confirmados. Fica a conhecer os novos surfistas do mais importante circuito de surf do mundo!

Nome: Ian Gouveia
Idade: 24
Local: Recife, Brasil
Patrocínios: Hang Loose, Moramaii, Goofy, ShapEye Surfboards

Resultados em 2016: 3º lugar Billabong Pro Cascais (QS 10.000), 1º lugar Azores Airlines Pro (QS 6.000), 4º lugar Pantin Classic Galicia Pro (QS 6.000), 17º lugar Vans World Cup (QS 10.000), 9º lugar Hang Loose Pro Contest (QS 6.000).

Ian Gouveia foi a prova que a qualquer momento, qualquer surfista pode dar a volta ao seu ano e disputar a qualificação. 2016 estava a ser medíocre para o brasileiro, que se encontrava dentro do top100 do QS pelo terceiro ano consecutivo, mas com pouco potencial de subir muito. Até que chegou à Europa e disparou! Tudo começou com uma final em Pantin, depois veio a vitória nos Açores, um 5º lugar em Marrocos e 3º em Cascais para entrar no top10, uma posição que segurou até ao fim do ano, mesmo não pontuando muito no Havai.

Gouveia torna-se assim no segundo filho de um ex-top do Championship Tour a entrar na elite, depois de Kolohe, filho de Dino Andino, o ter feito há alguns anos. Fábio, seu pai, foi (juntamente com Teco Padaratz) uma espécie de Tiago Pires do surf brasileiro, quebrando muitas barreiras (como o top5 do CT, a primeira vitória internacional na ASP/WSL e primeira vitória no Havai) num desporto na altura dominado pelos anglo-saxónicos.

O que se deve esperar em 2017?

Não se espera uma entrada tão estrondosa como a de Ítalo Ferreira há um par de anos, mas é possível que faça estragos. Apesar de não ter a lendária linha de surf do seu pai, Ian tem um surf moderno, rápido e com manobras fortes e tem mostrado uma boa capacidade de evoluir no meio dos melhores e poderá tirar resultados sólidos em várias etapas. Não é o principal candidato ao Rookie of the Year, mas não está de maneira nenhuma descartado dessa disputa!

Probabilidade de ficar nos 22 primeiros do ranking de 2017: boa

Comentários