CT 2016 | Kanoa Igarashi | New on Tour

publicado há 1 ano por 0

KANOA-IGARASHI-New-on-tour

O circuito de qualificação já chegou ao fim e apesar de ainda haver potencial de abrirem mais duas vagas, sete caras novas e um “regressado” já estão qualificados. Fica a conhecer as novas caras do mais importante circuito de surf do mundo!

Nome: Kanoa Igarashi
Idade: 18
Local: Huntington Beach, EUA
Patrocínios: Quiksilver, Red Bull, Oakley, Jacks, Channel Islands

Resultados em 2015: 3º lugar Vans US Open of Surfing, 1º lugar Mahalo Surf Festival, 5º lugar Ballito Pro, 1º lugar Vans Pro, 5º lugar Red Nose Pro15 Florianopolis SC

Apesar de ser um dos surfistas mais conhecidos da sua geração, Kanoa passou alguns anos um pouco “under the radar”. Isso deveu-se a uma lesão grave, mais especificamente uma perna partida na Austrália em 2013. A recuperação foi longa mas Igarashi voltou mais forte e mais preparado para fazer a transição de surf de “grom” para um estilo de surf que consegue pontuar entre os melhores do mundo.

Em 2014 esteve em Portugal para competir no Allianz World Juniors e gostou tanto que foi ficando. Em 2015 voltou, e apesar de ter passado muito tempo no nosso país competiu, entre etapas do QS e Pro Juniores, em 21 uma etapas da WSL. Entre vitórias no Pro Junior, Kanoa teve tempo de brilhar no QS mas foi nos QS 10.000 em Ballito e no US Open que se lançou, terminando em 5º e 3º lugar. Daí até ao fim do ano continuou ao pontuar e terminou em 7º no QS, qualificando-se com facilidade. Igarashi será o surfista mais novo do tour em 2016, “roubando” esse estatuto de Filipe Toledo.

O que se deve esperar em 2016?

O seu surf em ondas que não são de consequência é impressionante, o que explica os seus resultados no QS. Poderá tirar bons resultados logo no primeiro ano, principalmente nos point breaks da Gold Coast e Bells, e em Beach Breaks como Brasil e França mas ainda tem que se provar em ondas como Teahupoo, Fiji e Pipe. Será um Medina ou um Andino? É difícil perceber nesta fase mas terá muito tempo para progredir e tornar-se um surfista completo e quem sabe, se continuar a evoluir, disputar um título mundial mais à frente.

Comentários