CT 2016 | Caio Ibelli | New on Tour

publicado há 1 ano por 0

Exclusivos-New-on-tour-CAIO-IBELLI

A duas etapas de 10.000 pontos do fim do circuito de qualificação muita coisa ainda pode mudar, mas alguns surfistas já estão garantidos no CT de 2016. Fica a conhecer as novas caras do mais importante circuito de surf do mundo!

Nome: Caio Ibelli
Idade: 22
Patrocínios: Oakley
Local: São Paulo, Brasil

Resultados em 2015: 2º lugar Allianz Billabong Pro Cascais, 3º lugar Ballito Pro, 3º lugar Quiksilver Pro Saquarema, 5º lugar Oi HD São Paulo Open, 17º lugar Sata Azores Pro

Apesar de apenas ter 22 anos, Caio tem andado muito perto da qualificação há quase 5 anos. Em 2012 sagrou-se campeão mundial júnior e mesmo sendo da mesma faixa etária que os surfistas em destaque da “brazilian storm” o seu nome não é regularmente mencionado. É possível que o sucesso dos seus conterrâneos o tenham ofuscado mas Caio manteve o foco e este ano tomou o QS de assalto.

Tudo começou com terceiros lugares em etapas QS 10.000 no Brasil e África do Sul mas foi em Cascais que praticamente garantiu a sua presença no tour de 2016. Ao garantir um lugar na final Ibelli teve como bónus a presença em duas etapas do CT, o Quiksilver Pro France e no MOCHE Rip Curl Pro Portugal. Em Peniche o brasileiro teve uma repetição de uma final histórica, o King of the Groms de 2009 contra Gabriel Medina, e esteve quase a inverter o resultado com um tubo excelente perto do fim do heat.

O que se deve esperar em 2016?

Ibelli tem tudo para se manter no tour e até disputar o título de rookie do ano. Não tem provas dadas em ondas como Teahupoo mas isso nos dias de hoje não significa muito, como provou Ítalo Ferreira nesta temporada. Mas até aí Caio poderá ser forte já que passa bastante tempo no Havai com a sua namorada, a top do CT Feminino, Alessa Quizon, o que poderá ter ajudado a aprimorar essa lacuna. De resto este raçudo brasileiro não só não mostra falhas no seu repertório como tem uma técnica bastante apurada e tem potencial para fazer grandes estragos logo no seu ano de rookie.

Comentários