Bruce Irons sem main sponsor

publicado há 2 anos por 0

BRUCE-IRONS-FORA-DA-FOX

Apesar de ainda não ter saído qualquer comunicação da marca, ou do surfista, é oficial que Bruce Irons deixou de ser patrocinado pela Fox.

Depois de três anos como patrocinado da Fox a marca não renovou com o ex-Pipe Master, que neste momento mantém apenas os seus patrocínios secundários, a Oakley, Nixon e Dakine.

Bruce foi patrocinado pela Quiksilver, tal como o seu irmão Andy, quando era “grom”, tendo-se tornado numa das grandes apostas da (então) marca em ascensão, Volcom. Em 2004 era um dos mais mediáticos surfistas do planeta e esteve muito perto de assinar com a Quiksilver, mas acabou por se manter fiel às suas raízes e assinar um acordo “para a vida” com a Volcom.

Mas a verdade é que o caçula dos Irons começou a perder relevância ao longo dos anos e quando a Volcom foi comprada pelo Grupo Kering o seu contrato, que na altura ainda passava os seis dígitos, foi revisto e não se chegou a um acordo.

Bruce não teve grandes dificuldades em encontrar um novo contrato e fechou com a Fox por três anos, por um valor que se estima que não fosse mais do que um terço do valor que ganhava na Volcom, apesar e ainda se estar a falar de uma soma anual bastante elevada.

Mas a história repetiu-se quando a Fox foi adquirida pelo grupo Altamont, no fim de 2014, o que justifica a sua saída da marca. Apesar de ainda ser relativamente mediático Irons é seguramente um surfista que tem perdido relevância ano após ano o que, na actualidade, é meio caminho andado para fazer parte “sponsorless club”.

Consta que também outro havaiano, o big wave rider Ian Walsh, deixou de ter a raposa na sua prancha, o que poderá indicar um novo direcionamento da marca. Ou não, o que é certo é que entre os 32 surfistas que competem no CT estão dois team riders, Bede Durbidge e Keanu Asing, e outros grande surfistas como Damien Hobgood, Chippa Wilson e mesmo Pedro Boonman em Portugal, fazem parte desta equipa que até à data sempre mostrou estar em ascensão no meio do surf.

(Pedro Boonman em “No Petrol”)

Comentários