Já dizia o velho ditado popular, “quem brinca com fogo…”. Andrew Cotton é um surfista inglês que passa tanto tempo na Nazaré que já conhece todo o tipo de ditados em português. Desta vez experienciou na pele as consequências de arriscar a vida para surfar ondas gigantes.

Foi durante o dia de hoje (quarta-feira, 8 de Novembro), que Andrew surfou novamente na Praia do Norte, na companhia do seu companheiro de tow, o português Hugo Vau, e outros big wave riders como Garrett McNamara. Depois de algumas ondas surfadas, Cotton apanhou uma bomba para a esquerda tentou surfá-la mais perto da zona crítica da onda. Infelizmente para ele, esta montanha de água não fez o que esperava e a certa altura Andrew saltou da prancha para evitar levar com o lip.

No entanto, a onda projectou no ar durante muitos metros o que fez com que o britânico aterrasse violentamente na água uns metros à frente, sendo logo de seguida “dilacerado” pela espuma. O seu salvamento não foi fácil mas o que é certo é que este surfista conseguiu chegar à areia são e salvo. Bom, talvez não tão “são” pois teve que ser hospitalizado e depois de alguns examos confirmou-se que tinha quebrado a vértebra l2.

Isso significa que a recuperação poderá ser longa, mas uma coisa é certa, o prémio de wipe out do ano da WSL Big Wave Awards será (quase de certeza) seu.

Comentários