A morte do free surfer brasileiro Ricardo dos Santos foi uma das mais violentas alguma vez reportada num surfista profissional.

Tudo aconteceu há cerca de um ano e meio, quando um membro da polícia militar, que estava fora de serviço, baleou Ricardo, que acabou por falecer um dia mais tarde devido aos ferimentos (notícia completa aqui).

Entretanto o caso pouco avançou, Luís Brentano foi expulso da polícia e aguarda a julgamento numa prisão militar. Até aí está tudo dentro da norma, pois é um facto que se o arguido fosse colocado com a população geral, noutra prisão, seria uma sentença de morte certa apesar de não ter ainda sido julgado.

Mas, segundo o que vários websites brasileiros relataram recentemente, as condições em que se encontram dentro da prisão são acima da média. Aparentemente Brentano tem um quarto amplo com casa de banho, cama de solteiro, ar-condicionado, frigorifico, chuveiro com água quente e televisão

Esta situação tem indignado a comunidade surfistica do Brasil, que espera que não haja misericórdia para o homem que (alegadamente) abateu um ídolo dessa nação.

(A música de Gabriel o Pensador que menciona a morte de Ricardo dos Santos)

Comentários

Os comentários estão fechados.