Adriano de Souza é o novo campeão mundial da WSL

publicado há 1 ano por 0

ADRIANO-DE-SOUZA-CAMPEAO-MUNDIAL

Foi no penúltimo heat da temporada de 2015 que se decidiu o título mundial. À chegada ao Havai 6 surfistas estavam na disputa pelo primeiro lugar e Adriano de Souza era quem tinha o pior historial em Pipe.

Antes do primeiro heat entrar na água ficou um surfista pelo caminho, Owen Wright, por se ter lesionado numa sessão de treinos. Todos os outros candidatos conseguiram a qualificação para o round 3 mas pelo menos um ficaria fora da disputa nessa fase. O round não acabou sem que dois dos cinco ficassem fora da luta pelo título, Filipe Toledo, que perdeu por 0.26 para Mason Ho, e Julian Wilson que perdeu as suas hipóteses quando Mick Fanning se qualificou para a fase seguinte.

No último dia de prova Mick Fanning, Adriano de Souza e Gabriel Medina estavam ainda na disputa, mas era o australiano quem tinha o favoritismo. Tanto Mick como Gabriel estavam em grande forma mas o campeão em título ficou sem hipóteses de vencer quando Mick se qualificou para os quartos de final.

Entretanto Adriano continuou a avançar e quando Medina finalmente eliminou Fanning, nas meias finais, De Souza “apenas” precisava de passar mais um heat para se sagrar campeão mundial. O seu adversários era o wildcard Mason Ho, descendente de uma família com uma excelente tradição em Pipe já que tanto o seu pai, Mike, como o seu tio, Derek, venceram essa etapa no passado. As ondas estava com pouco mais de metro e meio e havia poucos tubos e foi Adriano quem deu o melhor do heat, para backdoor. O seu back up foi uma esquerda cheia de manobras e Mason, no fim, ficou sem tempo para responder.

E foi assim que Adriano de Souza, um dos surfistas mais trabalhadores da história do tour conseguiu o seu primeiro título mundial e umas horas mais tarde garantiu também a vitória do Pipe Masters enquanto que o seu adversário na final, Medina garantiu a triple Crown of surfing. Parabéns Adriano!!

Comentários