A História por trás do vídeo português que ficou viral na WSL

publicado há 8 meses por 0

Maquina-Voadora-WSL

Em cerca de 24h o trabalho da Máquina Voadora, produtora portuguesa especializada em drones, foi publicado nas redes sociais da WSL e ficou viral!

O vídeo em questão – que podes ver no final da notícia – é um tubo de Pedro Boonman nos Supertubos neste Inverno passado. Se te perguntas porque razão é que este vídeo ficou viral, afinal clips de drone é algo que não falta hoje em dia, a resposta está na forma como este tubo foi filmado, além, obviamente, do facto de ser um tubo incrível!

Neste momento, passadas pouco mais de 24h, o vídeo conta já com 750 mil visualizações e mais de 10.000 partilhas, números que ultrapassam magestosamente grande parte dos contéudos, incluíndo os momentos de vitórias de etapas do WT, publicados no Facebook da WSL. Não que a WSL não tenha por hábito colocar contéudos que fujam do lado competitivo mas por norma esses envolvem atletas do WT ou de surfistas bem rankeados no QS. O facto deste vídeo ser com um surfista que não compete nas etapas da WSL, e conseguir marcar presença nesta entidade, é mais um ponto de valorização do trabalho, trabalho esse que também não passou despercebido ao site do Daily Mail, um dos maiores jornais do mundo, e que fez também um pequeno artigo online.

E obviamente que não haveria ninguém melhor que a equipe da Máquina Voadora para nos explicar o porquê do sucesso desta filmagem! É isso, e um pouco da sua História, que podes ler na entrevista exclusiva que se segue.

Começando pelo início. Há quanto tempo anda a Máquina Voadora pelo ar? A Máquina Voadora Produções, foi fundada por mim (Pedro Miranda) e pelo meu grande amigo Daniel Neves no final de 2013, resultado da nossa grande paixão por desportos de ondas e pelas novas tecnologias.


“Apesar de não ser um shot “agressivo” de risco, é mesmo assim um dos shots mais difíceis que fizemos até hoje, até o baptizamos: “Vertical Full Rotation Barrel Shot” ;)”


Relativamente ao video publicado no Instagram da WSL do Pedro Boonman, o que o distingue, em termos técnicos, do restante trabalho? Este ângulo é algo que já tínhamos imaginado há muito tempo, e que já tínhamos tentado muitas vezes no passado, mas nunca tinha saído tão bem porque envolve muitas variáveis para sair com tanta “suavidade” (vento ideal, antecipação, leitura da onda e claro a performance do surfista). Apesar de não ser um shot “agressivo” de risco, é mesmo assim um dos shots mais difíceis que fizemos até hoje, até o baptizamos: “Vertical Full Rotation Barrel Shot” 😉

Como, quando e onde foi esta sessão? O shot foi gravado em Supertubos durante uma sessão de Fevereiro deste ano. Foi durante uma semana em que Supertubos bombou vários dias seguidos, e simultaneamente o Boonman estava completamente “onfire”. No final tudo se conjugou para finalmente conseguirmos este shot.

E o que ambicionam mais em termos técnicos? Ao testarmos novos ângulos mais agressivos queremos estar ainda mais perto do surfista, queremos voar mais perto da água e queremos fazer isso com mais velocidade e com mais reacção. Nesta vertente o potencial das imagens é muito maior mas os riscos duplicam e o treino é mais exigente.

À parte deste sucesso, como tem sido o vosso caminho até aos dias de hoje? Desde o momento em que fizemos o nosso primeiro voo por cima da água até agora, houve um grande caminho a percorrer. A curva de aprendizagem no manuseamento de drones é bastante rápida em termos de controle e voos “standard”, no entanto, para se filmar Surf e Bodyboard a coisa muda de figura. Voar por cima da água não dá muita margem de erro, basicamente qualquer erro pode significar a perda total do equipamento, e por outro lado é preciso fazer uma boa leitura da onda, conhecer o surfista em questão, saber antecipar, tudo isso mantendo sensibilidade fotográfica e enquadramento… É um trabalho de treino intensivo!


“(…)participámos no “We Are Greater Than I”, um anúncio da Samsung/WSL produzido pela 72&Sunny e considerado por muitos o melhor anúncio de Surf de sempre, premiado em Cannes este ano.”


 

Quais os videos de maior sucesso que até agora que produziram / colaboraram? O video que produzimos integralmente com maior popularidade é o “The Flying Machine”, e que é uma espécie de highlights do nosso ano de 2015. Tem algumas das nossas melhores imagens de Surf e Bodyboard, e tem tudo: desde sessões secretas nas slabs do Oeste, à maior onda alguma vez filmada com um drone na Nazaré.  Outro video produzido por nós que nos deu enorme prazer foi o “That Day in Naza” com o Pedro Boonman. O video teve destaque imediato nos mídia de Surf, teve imensa visibilidade e mostrou ao mundo uma outra face da Nazaré que não se conhecia internacionalmente, mais tarde o filme ficou num “doloroso” 2º lugar no Winter Session da MagicSeaWeed, um concurso de video que dá 20,000$ ao primeiro lugar (zero ao segundo lol).
Fizemos muitos trabalhos para canais de TV, produções nacionais e desportivas, mas em termos de relevo tivemos o prazer de colaborar com algumas grandes produções no mercado publicitário a nível internacional: participámos no “We Are Greater Than I”, um anúncio da Samsung/WSL produzido pela 72&Sunny e considerado por muitos o melhor anúncio de Surf de sempre, premiado em Cannes este ano. Fizemos um shot inovador de Surf com o Pedro Boonman para o último anúncio da Jeep “4x4ever” especialmente feito pela DDB para o Superbowl.

(“The Flying Machine”)

Quais algumas das dificuldade de filmar surf com drone? A maior dificuldade é mesmo a água,como disse atrás ;). Por vezes é necessário testar alguns limites para os conhecemos, e o resultado disso pode ser a perda do drone. Fora isso, a limitação actual das baterias em termos de autonomia exige alguma logística para se garantir o maior número de shots durante uma sessão.

Para terminar, quais os projetos em que trabalham actualmente (que possam revelar claro)? Para além da nossa atividade regular e do nosso desenvolvimento experimental com o Pedro Boonman, estamos envolvidos em muitos outros projetos ligados ao Surf quer com outros atletas, instituições e produções ligadas ao Surf e eventos de Surf.

(“The Beauty of a Barrel”, o vídeo produzido pela Máquina Voadora que apareceu nas redes sociais da WSL).

Comentários