Chegou ao fim mais uma importante etapa do circuito de qualificação, o Vans US Open of Surfing, uma prova a contar 10.000 pontos para o ranking masculino e feminino.

Entre os destaques ao longo dos dias de prova esteve a eliminação do surfista que dominou esta em 2017 e 2018, o local Kanoa Igarashi. O actual número 5 do tour tinha como objectivo vencer novamente mais foi surpreendido no round de 24 surfistas pelos groms Barron Mamiya e Liam O’Brien. Também nessa fase ficaram de fora mais cinco surfistas do CT, Seth Moniz, Peterson Crisanto, Michael Rodrigues, Caio Ibelli, Conner Coffin e ainda o campeão mundial júnior, Mateus Herdy.

Um dos grandes favoritos à vitória nesta fase era claramente um ex-top do Championship Tour, Alex Ribeiro, que voava nas esquerdas de Huntington Beach como poucos. Ribeiro acabou eliminado nas meias finais, depois de deixar Yago Dora ganhar uma liderança muito forte e mesmo tendo respondido com uma onda de 9.33 nos segundos finais do confronto, ficou ainda mais de meio ponto abaixo do requisito. Yago vinha de uma vitória impressionante sobre outro destaque do evento, Jorgann Couzinet, que mesmo com duas ondas incríveis foi eliminado.

Do outro lado da grelha vinha um surfista que, mesmo já tendo vencido várias provas QS (de pontuações baixas) era pouco conhecido do publico. Liam O’Brien eliminou nomes como Jack Freestone, Barron Mamiya, Griffin Colapinto, entre outros, para encontrar Dora na final. A derradeira bateria foi decidida praticamente nas primeiras ondas pois Yago Dora conseguiu logo duas notas fortes e Liam apenas uma. O australiano ficou o resto da bateria à espera de mais uma onda boa mas foi o eventual vencedor quem conseguiu melhorar a sua situação e venceu a prova.

Na categoria feminina Sage Erickson e Courtney Conlogue encontraram-se na final. Foi Conlogue quem teve o trabalho de eliminar muitas das mais perigosas surfistas da prova, como Caroline Marks e Brisa Hennessy, nos quartos e meias finais, mas na final Sage foi mais forte e venceu novamente no local onde “facturou” a sua única vitória no Championship Tour.

Comentários