Wilkinson eliminado, meias-finais definidas, Tyler vence prova feminina

publicado há 1 ano por 0

SEMI-FINALISTAS-DECIDIDOS-EM-MARGARET

O oitavo dia do Drug Aware Margaret River Pro viu mais uma “maratona” de heats, mas a prova não chegou ao fim.

Em ondas sólidas de dois metros (plus) os, e as, melhores surfistas do mundo disputaram entre si as vitórias nos heats, muitas das quais com um factor de risco muito acrescido já que muitas finalizações eram feitas em cima da laje e não foram poucos os competidores que deixaram ali um pouco de pele.

O grande revelação do dia foi a primeira eliminação da campanha de 2016 de Matt Wilkinson. O australiano fez um heat fraco no round 4 mas perto do fim passou para a frente de Joel Parkinson e Julian Wilson. Só que nos segundos finais Joel conseguiu voltar ao primeiro lugar e a partir desse momento a “estrelinha” de Wilkinson parece ter desaparecido. O seu heat seguinte foi contra Nat Young, que estava com um backside ainda mais mortífero, deixando o líder do tour em combinação.

O mesmo se passou com muitos dos que são apontados como os seus mais directos adversários. Jordy Smtih, que aqui competia em ondas bem à sua medida, fez um heat abaixo da média no round 4 e no seguinte foi batido pelo maior “silent killer” do tour, Caio Ibelli.

Também Gabriel Medina, que está bastante mais para trás no ranking, sofreu mais uma derrota para o seu conterrâneo Ítalo Ferreira. Desde que se qualificou em 2015, Ferreira já teve 5 confrontos com Gabriel e venceu 4 deles, ficando com a melhor estatística do tour contra o campeão mundial de 2014.

De facto Ítalo começa a tornar-se numa grande ameaça para o líder do circuito e, depois de bater Kolohe Andino nos quartos de final, chega às meias como o surfista mais bem rankeado dos 4.

O seu adversário será Sebastian Zietz, outra história de sucesso nesta etapa. O havaiano não deveria estar no tour este ano mas uma série de lesões de outros competidores têm-lhe garantido vagas em todas as etapas até agora e estão a ser bem aproveitadas. “Sebass” parece ter descoberto a fórmula certa e neste dia venceu o seu heat do round 4 e os quartos finais contra Caio Ibelli.

Do outro lado da grelha estão Joel Parkinson e Julian Wilson, que bateram Nat Young e o surpreendente wildcard Leonardo Fioravanti para garantirem o primeiro bom resultado do ano.

A prova feminina foi vencida por Tyler Wright, outra surfista treinada pelo “mini super coach” de Wilkinson, Glenn “Micro” Hall. Mesmo sendo a sua segunda vitória do ano continua em segundo lugar, já que Courtney Conlogue esteve presente em todas as finais e venceu uma.

Acompanha o próximo dia de prova em directo AQUI!

Comentários