Mais uma vez a onda mais próxima da ilha de Tavarua, Restaurants, foi o pico escolhido para avançar com o Volcom Fiji Pro. As ondas chegavam aos dois metros e meio e estavam bastante afectadas pelo vento. No entanto, numa bancada tão perfeita, nem o vento conseguiu impedir o show de tubos que se viu neste dia de prova.

Ainda por realizar estavam os dois heats do round 1, onde a única surpresa foi a derrota de John John Florence. Muito se esperava deste surfista mas Brett Simpson capitalizou bem nas manobras que fez para passar em primeiro, deixando Adrian Buchan em segundo e Florence em terceiro. Mas os seus adversários não perdiam pela demora!!!

Poucas surpresas aconteceram nos primeiros seis heats e alguns candidatos ao título como Slater, Parkinson e Fanning avançaram com facilidade. Já o líder do circuito, Adriano de Souza, não teve tanta sorte. “Mineirinho” surfou bem e estava a dominar o heat até ao seu adversário, Yadin Nicol, apanhar uma onda mais pequena mas que o deixou andar mais “deep” no tubo para ficar com a melhor nota do heat e uma boa liderança. No fim Adriano ainda apanhou algumas ondas e na sua última deu um bom tubo e dois fortes snaps. Infelizmente caiu no segundo e ficou a 0.17 da pontuação que precisava. Esta seria a primeira de várias derrotas para a “equipa” brasileira pois dos quatro que competiram nesta fase nenhum conseguiu avançar.

Por sua vez o havaiano John John fez um heat quase perfeito. Começou com um longo tubo que lhe deu 9.8, pouco depois fez um melhor (com algumas manobras arriscadas no fim) para receber 10 pontos e não acabou o heat sem fazer mais uma das suas, que “só” lhe deu 9.4 pontos. Outro havaiano mostrou que os surfistas das ilhas são quem mais beneficia com estas condições, Sebastian Zietz. Num dos heats mais empolgantes do dia, contra Adrian Buchan, Zietz conseguiu virar mesmo no fim graças a mais um tubo incrível!

As ondas perfeitas continuavam a quebrar e a organização nem pensou duas vezes e meteu o round 3 na água. Assim John John competiu pela terceira vez neste dia e ia logo contra outro grande favorito, Damien Hobgood. Florence abriu bem o heat com duas notas sólidas mas Damien Hobgood quase lhe roubou a vitória com duas ondas fortes no fim do heat. Infelizmente para o surfista da Flórida a sua última nota seria 0.04 abaixo do requisito! O dia de prova não terminou sem que Jordy Smith mostrasse grande forma, colocando-se como provável novo líder do circuito se mantiver o nível que apresentou nesta bateria.

O Volcom Fiji Pro deve voltar esta noite, não deixes de acompanhar tudo em directo no canal FUEL TV ou, pela web, por aqui!

 

Comentários

Os comentários estão fechados.