As ondas melhoraram bastante proporcionando boas secções para manobras fortes, aéreos e tubos mas a selecção das mesmas continuou a ser quase mais crucial que o nível de surf apresentado pelos competidores.

O primeiro português a competir neste dia de prova foi Vasco Ribeiro, que se encontravam no heat 20 contra Ian Gouveia, Ricardo Christie e  Yadin Nicol. Apesar de ser um heat carregado de nomes sonantes, o mostrou o que vale e com notas de 6 e 5.53 dominou o heat. Nicol ficou em segundo enquanto que os dois surfistas com experiência de CT, Christie e Gouveia, ficaram de fora.

Dois heats depois seria a vez de Pedro Henrique entrar na água, contra Ethan Ewing, Victor Bernardo e Dimitri Ouvre. Pedro surfou bem e fez duas notas de 5 pontos, o que seria suficiente para avançar em muitos heats. Infelizmente para ele, neste não seria suficiente pois Bernardo e Ewing foram ligeiramente superiores e deixaram o residente de Cascais em 3º lugar a precisar de 6.40 para segundo.

O grande destaque do dia foram os surfistas brasileiros, que venceram um grande número de baterias, enquanto que os tops do CT foram praticamente arrasados neste últimos dois dias de prova.

Vasco Ribeiro é neste momento o único surfista luso em prova e terá como adversários Nat Young, Patrick Gudauskas e Lucas Silveira, no heat 10 do round 3. Acompanha tudo em directo AQUI!

Comentários

Deixar uma resposta