Depois de uma manhã de muitos heats, o Lacanau Pro Junior parou por algumas horas. Quando voltou, oito surfistas estavam ainda na disputa pelo primeiro lugar e dois deles eram portugueses.

As ondas rondavam o metro e meio, com picos espalhados pela praia, com destaque para as direitas que, apesar de rápidas, mostravam muito potencial. Vasco Ribeiro e Miguel Blanco estavam juntos no primeiro heat, mas tiveram prestações completamente diferentes. Ribeiro abriu a bateria com uma onda de várias manobras fortes e bem finalizada, recebendo logo aí a nota de 8.83.

No resto do heat Vasco não conseguia fazer nada mal, encontrando até o único tubo do dia e finalizando a bateria com duas manobras fortíssimas, que lhe deram outra nota excelente, 9,57. O segundo lugar foi disputado entre Tom Cloarec e Timo Bisso, enquanto que Miguel Blanco não conseguiu apanhar qualquer onda com potencial e ficou um pouco mais para trás. E foi Cloarec quem avançou, apesar de ter ficado a precisar de uma combinação para passar Ribeiro.

No heat seguinte Leonardo Fioravanti, o campeão em título do circuito, finalmente mostrou o “ar de sua graça” e venceu a bateria seguido do peruano Miguel Tudela.

Na final era visível que Vasco Ribeiro procurava uma onda boa para começar o heat com o ritmo da meia-final, mas isso não aconteceu. Enquanto isso Tom Cloarec foi apanhando as melhores ondas que apareciam e, apesar de surfar com muita “leveza”, foi recebendo notas sólidas. As ondas do português tinham pouca parede e este ia encaixando bons carves e manobras no lip sempre que conseguia, mas as oportunidades não apareciam.

Depois foi Miguel Tudela que apanhou uma onda boa e deu três das melhores batidas de backside que se viu neste dia. Para surpresa de muitos apenas recebeu 8,27 e até liderou, mas por pouco tempo. Perto do fim Vasco melhorou a sua posição e na sua última onda deu um bom carve um tail slide na junção, mas isso apenas serviu para se chegar mais perto dos dois primeiros, ficando a precisar depois de 6,04, mas sem tempo de voltar ao pico.

No final foi mesmo Cloarec que venceu, mas o português continua com uma forte liderança! Será este o ano do título?

Comentários

Os comentários estão fechados.