Chegou ao fim mais uma etapa do circuito QS, o Volkswagen SA Open of Surfing. Esta prova acabou por ser dominada por surfistas sul-americanos, principalmente brasileiros mas com um perunano à misutra.

As meias finais foram heats de notas altas e apesar de Victor Bernardo ter feito bom surf, foi Alex Ribeiro quem garantiu a primeira posição na final com ondas de 8.50 e 8.87. Do outro lado da grelha vinha Hizunome Bettero, um veterano do circuito de qualificação, que eliminou o único não brasileiro das meias, Miguel Tudela. Contas feitas foi o ex-top do CT, Alex, que venceu esta etapa e juntou preciosos 3.000 pontos ao seu ranking.

O último resistente da “Armada Lusa”, Vasco Ribeiro, estava presente neste dia final e começou bem a sua prestação. Ribeiro começou bem o seu heat do round de 32 com duas notas de 7 pontos, vencendo assim a bateria e deixando em 2º lugar o eventual semi-finalista do evento, Victor Bernardo, enquanto que Heitor Alves e Jordy Maree foram eliminados.

Infelizmente o seu próximo heat seria o seu último já que acabou em quarto lugar a precisar de uma nota de 7.13. Vasco simplesmente não conseguiu fazer o seu melhor surf enquanto que Alex Ribeiro venceu com um par de notas 7, enquanto que Soli Bailey ficou em segundo lugar e Flavio Nakagima em terceiro.

Apesar de ter mostrado algum “momentum” a pontuação que Ribeiro angariou não é o que se pode considerar pontos de CT e o surfista de S. João, e o resto da “Armada Lusa” terão de continuar na procura por resultados mais expressivos em etapas de maior relevância.

Comentários

Deixar uma resposta