A primeira etapa Challenger Series da WSL de 2020, o Sydney Surf Pro, continuou a avançar nas ondas de Manly Beach, NSW, Austrália. O dia começou com o fim do round 3 da prova feminina e rapidamente passou para a masculina.

O francês Charly Martin venceu o primeiro heat do round 4 enquanto que Vasco Ribeiro, que estava no segundo contra Adriano de Souza, Marco Giorgi e Willian Cardoso, teve que esperar mais algumas horas para surfar já que a maré cheia começou a afectar muito as condições.

Quando o campeonato recomeçou, Ribeiro estava bem preparado. Na sua primeira onda, uma longa direita, encaixou vários snaps fortes e batidas, finalizando na areia com um bom reentry para receber a nota de 8.17 pontos. Com um back up feito  rapidamente, de 3.50 pontos, o português tomou conta da bateria até Giorgi descobrir uma direita ainda melhor, para juntar 8.3 pontos à sua primeira onda, de 5.33, para roubar a liderança. Adriano de Souza também fez algumas ondas e durante grande parte do heat precisava de pouco mais de 5 pontos para roubar a posição a Vasco. Não foi o primeiro confronto entre estes dois surfistas uma vez que em 2015 Adriano correu sério risco de ficar fora da disputa do que seria o seu primeiro título mundial depois de ter perdido para o surfista de São João na etapa do Championship Tour de Peniche. Desta vez o resultado seria o mesmo e o ex-campeão mundial ficou despachado mais cedo enquanto que Vasco passou para o round de 24, onde terá como adversários Charly Martin e Leonardo Fioravanti no primeiro heat da fase.

Notícia em actualização…

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários