Depois de um lay day o Oi Hang Loose Pro Contest, prova QS 5.000 masculina, o round 1 foi para à água com ondas difíceis até um metro.

Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha, é um beach break conhecido pelos seus tubos mas é um pouco é também muito inconsistente. Muitas vezes o tamanho do mar é suficiente para alterar o nome para “Fechando de Noronha” mas neste dia foi o vento que deteriorou as condições. Mesmo assim havia sempre algumas secções para fazer boas manobras, e logo no round 1 assistiu-se a um bom nível de surf.

Vasco Ribeiro era o surfista mais conhecido a nível internacional entre todos os competidores na primeira ronda mas a sua qualificação para a fase seguinte não foi propriamente fácil. Vasco encontrou forte oposição de Cauã Costa, que abriu o heat com a que acabaria por ser a melhor nota de toda a fase, 6.83 pontos. No entanto o português não ficou muito atrás, pontuando 5.17 na primeira onda e garantindo um bom back up pouco depois para eliminar Pericles Dimitri.

A fase seguinte abriu com a bateria do maior nome do evento, Filipe Toledo, que não desiludiu garantindo a primeira nota “na casa do excelente” do dia, um 8.33 para vencer a bateria. Logo no heat seguinte o outro representante do nosso país nesta prova, Sidney Guimarães, não conseguiu fazer o seu melhor surf e acabou eliminado por Marcos Correa e Marco Giorgi. Outros destaques nesta fase foram os goofies Weslley Dantas, Joan Duru e Jesse Mendes mas também Jake Marshall, Willian Cardoso e Madson Costa venceram as suas baterias com facilidade.

A prova entretanto entrou on hold, sendo eventualmente cancelada pelo dia, o que deixou Vasco Ribeiro a aguardar pelo próximo dia de prova para voltar a competir. Os seus adversários serão João Chianca, Rafael Teixeira e Vitor Ferreira, na 15º bateria do round 2.

Acompanha o próximo dia de prova em directo AQUI!

 

Comentários