O quinto dia do Sydney Surf Pro, prova Challenger Series da WSL realizada em Manly Beach, NSW, Austrália, começou cedo com ondas de meio metro com pouca força.

O primeiro heat do dia foi vencido por Leonardo Fioravanti, que apanhou as duas melhores ondas do heat para bater Nat Young. Logo de seguida estava Vasco Ribeiro que tinha muito em jogo no seu heat contra Liam O’Brien. Ambos já tinham garantidos 3.500 pontos caso perdessem nesta fase mas o português já tinha uma pontuação semelhante, conquistada na etapa Marroquina, e procurava melhorar para ficar com mais um keeper. Foi Ribeiro quem abriu o heat, com uma direita com duas manobras fortes para conseguir uma nota de 5.33. Infelizmente Liam veio na onda seguinte, que era um pouco melhor e conseguiu fazer uma nota de 7.5 pontos.  A meio do heat Vasco apanhou mais uma onda pequena mas encaixou 3 manobras poderosas, para receber uma nota de 8.6, enquanto que O’Brien respondeu com 8.5 e deixou o surfista de São João do Estoril a precisar de uma nota de 7.4 a pouco mais de 10 minutos do fim. Ribeiro assegurou a prioridade e esperou por uma onda com potencial mas foi um pouco “enganado” por uma que passou pelo line up mas não lhe ofereceu boas secções. Até ao fim do heat não apareceu mais qualquer onda com potencial e, mesmo que tivesse, Liam tinha a prioridade. No final foi o australiano quem avançou mas Vasco sai desta prova com um sólido 9º lugar.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários