Terminou hoje a prestação dos surfistas portugueses no VolksWagen SA Open of Surfing presented by Hurley, prova QS 1.500 do circuito de qualificação da World Surf League.

Eram três os lusos que ainda se encontravam em prova neste dia, mas nenhum chegou a avançar para a fase seguinte. Tudo começou com Leonor Fragoso, da parte da manhã, na categoria feminina. Leonor tinha em Summer Macedo, Josefina Ane e Kai Woolf três adversárias de peso, e foram as duas primeiras que dominaram o heat. Josefina e Summer fizeram ondas bastante medianas mas seria suficiente para passarem, deixando Fragoso a precisar de uma nota de 8.13 para seguir para o round seguinte.

No fim da primeira fase feminina, a prova passou para a masculina e logo no primeiro heat estava Vasco Ribeiro. O ex-campeão mundial júnior fez uma bateria sólida, com notas de 6.40 e 7.03 mas Slade Prestwich e Adin Masencamp pontuaram ligeiramente mais alto, eliminado o português.

De seguida foi a vez de Pedro Coelho competir, defrontando Mihimana Braye, Daniel Templar e Theo Fresia. Mais uma vez um membro da “Portuguese Storm” foi eliminado por muito pouco, tendo Pedro ficado de 5.92, enquanto que Mihimana Braye e Theo Fresia seguiram para a fase seguinte. Mesmo assim ambos terminaram em 9º lugar, um resultado sólido para um e fraco para outro…

Podes acompanhar a evolução desta prova AQUI!

Comentários