Vasco Ribeiro é o único resistente do round 1 no Maitland & Port Stephens Toyota Pro | Dia 1

publicado há 2 meses por 2

VASCO-RIBEIRO-PASSA-ROUND-1-DO-MAITLAND-TOYOTA-PRO

Começou ontem, o main event da primeira etapa QS 6.000 do ano, o Maitland and Port Stephens Toyota Pro. Anteriormente já se tinha realizado a fase e trials do event, onde estavam presentes Luís Perloiro e Jácome Correia na categoria masculina e Mariana Assis na feminina. Luís e Jácome acabaram por perder no round 1, em 3º lugar, enquanto que Mariana passou uma bateria e de seguida foi eliminada.

O primeiro portugueses a competir no round 1 foi Vasco Ribeiro, que tinha como adversários Kai Otton, Cory Arrambide e Joaquim del Castillo. Kai, que no ano passado estava no Championship Tour, surfou apenas duas ondas mas foram duas notas altas, o que lhe deu a vitória no heat. Arrambide começou bem o heat, acertando um bom aéreo e fazendo mais algumas ondas com manobras enquanto que o português na primeira metade da bateria não tinha nada para mostrar. Depois de ter caído em duas ondas, Vasco compensou na terceira que, apesar de ter sido curta, deu para fazer duas manobras poderosas, o que lhe permitiu voltar à disputa. No fim da bateria o surfista de S. João do Estoril precisava de mais uma nota sólida mas não tinha a prioridade e o segundo classificado, Cory, apostou em fazer uma marcação cerrada. Felizmente vinham bastantes ondas e depois de forçar a prioridade do seu adversário Vasco voltou a ter direito de escolha e fechou o heat com uma onda com várias manobras poderosas, o que lhe deu um folgado segundo lugar e a qualificação para a fase seguinte.

Infelizmente seria a única qualificação lusa do dia. Horas depois Tomás Fernandes também fez um heat sólido mas acabou por perder, a precisar de 6.18, para Hiroto Ohhara e Jean da Silva, deixando Noe Mar McGonagle em 4º. Miguel Blanco também tinha um heat carregado de adversários perigosos e acabou eliminado em 4º lugar atrás de Jacob Wilcox, Taylor Clark e Michael Dunphy. Já Pedro Henrique caiu para Jonathan Gonzalez e Perth Standlick, ficando em 3º lugar, à frente de Jake Marshall.

A prova terminou no fim do round 1, deixando a estreia de Frederico Morais, o único “sobrevivente” da categoria masculina além de Vasco Ribeiro, a aguardar a sua estreia na WSL em 2017!

Acompanha o resto da prova em directo AQUI!

Heats com surfistas portugueses:
Round 2
Heat 5 | Stuart Kennedy x Ricardo Christie x Takumi Nakamura x Vasco Ribeiro
Heat 9 | Frederico Morais x Mihimana Braye x Hiroto Arai x Juninho Urcia

Comentários

  1. Pedro diz:

    O Vasco passou ao rd3, em 1º no seu heat. Depois da meia-noite competirá o Frederico. Força Lusos!