As ondas continuaram a melhorar para o 3º dia do Ichinomiya Chiba Open, prova QS 6.000 e as notas acompanharam.

Surfistas como Miguel Pupo, Jadson André, Ian Crane, Charly Martin e Deivid Silva foram alguns dos que melhor se adaptaram às boas condições e trataram de vencer os seus heats com médias muito altas.

O único português ainda em prova neste round 3, Vasco Ribeiro, estava no que se pode considerar um “super heat”. Além do nosso ex-campeão mundial júnior estavam nesta bateria dois ex-tops do CT em grande forma, Davey Cathels e Alejo Muniz e o perigoso australiano, Mitch Coleborn. Ribeiro foi muito selectivo e as suas duas primeiras ondas garantiram notas fortes, 6.83 e 7.67, o que lhe de teria dado a vitória em quase todos os heats da fase.

Mas Alejo também estava em grande forma e com duas ondas surfadas no limite passou para a frente. Mesmo assim o surfista de São João do Estoril passou muito confortavelmente no segundo lugar, deixando os seus adversários a precisar de uma nota de 8.60, no caso de Davey, e Mitch combinado.

Pela sua performance Vasco garantiu uma vaga no round 4 e uma grande subida no ranking, apesar de ainda não estar na fase dos “pontos de CT”. Os seus adversários serão Stu Kennedy e Jake Marshall no heat 8, uma bateria que promete ser das melhores da fase.

Acompanha o próximo dia de prova em directo AQUI!

 

Comentários

Os comentários estão fechados.