As ondas melhoraram pouco ou nada para o segundo dia consecutivo de prova no Hawaiian Pro, prova QS 10.000 a contar para o ranking de qualificação e para a Triple Crown of Surfing.

Apenas um dos dois competidores portugueses nesta prova estaria na água nesta dia, Vasco Ribeiro, que tinha como adversários Deivid Silva, Torrey Meister e Shayden Pacarro no heat 12 da segunda fase.

Deivid Silva foi o primeiro a pontuar forte, fazendo uma onda de 5.33. Vasco abriu com uma esquerda com algumas batidas a passar as secções e uma finalização a soltar o tail para conseguir a nota de 5.17. A 22 minutos do fim os havaianos Shayden Pacarro e Torrey Meister apanharam as suas primeiras ondas mas nenhuma chegou aos 4 pontos. Ribeiro tinha prioridade depois desta troca de ondas mas foi Silva quem apanhou a próxima onda, uma longa esquerda cheia de manobras fortes apesar de ter arriscado pouco e de não ter usado o rail. Mesmo assim recebeu a nota de 6.93 disparou na liderança com a melhor onda do heat.

Vasco estava na onda seguinte mas tinha pouco potencial, o que apenas lhe garantiu a nota de 3.93. A maior parte das ondas surfadas neste heat foram esquerdas mas o português apostou numa direita e foi bem sucedido. No outside a onda era fraca e apenas lhe permitiu fazer uma rasgada mas no inside Vasco atacou o lip como nenhum outro neste heat e foi recompensado com uma nota de 5.6, deixando os “locals” a precisar de 6.14 e 7.5.

Ribeiro apostou novamente nas esquerdas e conseguiu melhorar a sua situação por 0.1 pontos com alguns snaps poderosos. No minuto final os havaianos continuavam a precisar de notas fortes para roubar o segundo lugar ao luso mas Vasco tinha prioridade e conseguiu segurar a sua vaga na round 3.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Heats com surfistas portugueses:
Round 3
Heat 5 | Frederico Morais x Yago Dora x Dion Atkinson x Dusty Payne
Heat 12 | Sebastian Zietz x William Cardoso x Cam Richards x Vasco Ribeiro

Comentários

Os comentários estão fechados.