Tiago Pires enfrenta Smith e Kerr em Trestles

publicado há 3 anos por 0

Hurley-Pro-Trestles-2014-Heats-v2

Estamos a cerca de 24h do início do Hurley Pro Trestles, a etapa mais high performance do WCT!  Obviamente que os heats já são conhecidos sendo que não deverá haver alterações de última hora excepto se algum dos melhores do mundo se lesionar nas próximas horas (o que esperamos que não aconteça)!

Após o resultado de Medina (e Slater) em Teahuppo, todas as etapas até ao fim do ano serão cruciais, principalmente para Slater, Parko, Bourez e Fanning, que basicamente ou terão de garantir finais (e evitar que Medina esteja nelas e as vença) caso queiram impedir o brasileiro de ser campeão do mundo, ou esperar que Medina tenha uma série de maus resultados (mas ao mesmo tempo têm de garantir bons resultados)!

Apesar de “só” ter vencido em Trestles uma vez, 2012, esta é uma onda que é perfeita para o surf de Medina pois surf high performance é o que o jovem brasileiro tem de mais forte, pelo que não será um adversário fácil. Talvez o seu maior inimigo seja a pressão de estar a ver o título de campeão do mundo tão perto mas Medina já provou várias vezes que sabe lidar com pressão. Por outro lado, este tipo de pressão nunca foi tão real…

Depois temos Slater, multi-vencedor em Trestles e uma onda onde brilha (quase) sempre. Pressão é algo que Slater conhece melhor do que qualquer um no tour e, como parece ter vindo a demonstrar, o factor que poderá decidir a “pica” de Slater neste evento é o mais importante para qualquer verdadeiro surfista, as ondas. Se estiverem épicas, Slater irá com toda a certeza mostrar porque tem 11 títulos mundiais! Se não estiverem boas, o americano poderá perder a “pica”. Por outo lado, o desafio de tentar roubar o título (a Medina) é exactamente o tipo de desafio que Slater adora…

Do lado oposto do ranking continua a batalha pela permanência no WCT e Tiago Pires, apesar de ainda não estar em águas seguras, melhorou um pouco a sua posição graças ao ser resultado em Teahupoo. Subiu quatro lugares no ranking mas, mais importante que tudo, parece estar num excelente momento de forma, e o seu power surf poderá levá-lo longe em solo americano. Pela frente, Pires tem no primeiro round Jordy Smith e Josh Kerr (heat 11), e escusado será dizer que não é um heat fácil pois não há heats fáceis no WCT.

O evento começa já amanhã, dia 9 de Setembro, e não te esqueças que podes assistir a tudo ao vivo AQUI!

 

Hurley-Pro-Trestles-2014-Heat-Sheet

 

Comentários