Tiago, Frederico e Nicolau triunfam no round 1 em Saquarema

publicado há 3 anos por 0

SAQUA-PRO-DIA-1

A etapa de Saquarema do WQS é sempre um dos campeonatos mais procurados pelos competidores do circuito de qualificação. Esta praia recebe quase sempre o circuito da ASP com ondas boas e o ano de 2014 não está a ser excepção.

As ondas rondavam o metro e meio neste primeiro dia com esquerdas e direitas a funcionar melhor ou pior, dependendo da maré.

Tiago Pires foi o primeiro português a competir, logo no 10º heat desta primeira fase e os seus adversários eram Nathan Hedge, Tom Whitaker e Gabriel Vilaran. Hedge foi o mais activo no início da bateria, surfando longas direitas para arrancar numa liderança pouco sólida. Também o peruano Villaran começou bem, com algumas esquerdas bem surfadas. Saca foi muito selectivo e isso acabou por jogar a seu favor. Na verdade a qualidade das suas ondas não foi o que mais se destacou mas sim o seu surf, claramente superior ao dos adversários. Na primeira onda de “consequência” que apanhou deu apenas duas manobras, um snap forte no lip e uma paulada na junção, mas os júris reconheceram a qualidade das mesmas e atribuíram uma justa nota de 6,23. Assim ficou com o segundo lugar e pouco depois apanhou uma longa direita onde encaixou uma série de manobras fortes, snaps, batidas e um reentry para terminar, pontuando 6,5. Com essa onda passou para primeiro lugar, de onde não saiu mais, seguido por Gabriel Villaran no segundo “posto”.

Pouco mais de uma hora depois seria a vez de Frederico Morais entrar na água. Os seus adversários eram CJ Hobgood, Leonardo Neves e Kaito Ohashi mas todos eles tiveram dificuldades em acompanhar o ritmo do português. O seu grande momento foi antes do heat chegar a meio, quando deu um grande aéreo reverse para a direita na primeira secção da onda e ainda manobrou forte até ao fim, recebendo assim a nota de 8,17. O seu back up foi para a esquerda, onde surfou o resto da bateria. De backside Kikas fez um par de notas de cinco pontos, graças a alguns snaps e batidas fortes. Já com a liderança o surfista do Guincho conseguiu fazer ainda melhor, surfando muito bem mais uma esquerda perto do fim, melhorando a sua segunda nota para um 7,10 e acabando com uma média fortíssima. Kaito Ohashi ficou num distante segundo lugar enquanto que os dos surfistas do WCT (no caso de Neves, ex-do WCT), foram eliminados.

Também Nicolau Von Rupp mostrou muito bom surf contra Alejo Muniz, Maxime Huscenot e Evan Geiselman. Evan e Alejo surfaram muito bem nas esquerdas e dominaram o início do heat. Mas Nic soube esperar pelo seu momento e quando apanhou uma direita bem no outside tratou de mostrar o seu melhor backside attack. Duas pauladas verticais no fim fizeram diferença para conseguir uma boa nota que lhe deu automaticamente o segundo lugar. Depois apanhou uma esquerda que encheu de fortes rasgadas para passar para primeiro lugar, posição que ocupou por muito tempo. No fim todos os seus adversários atacaram fortemente a sua liderança, sempre nas esquerdas, mas apenas Alejo Muniz o conseguiu superar. Assim Nicolau passou num sólido segundo lugar, eliminando Huscenot e Geiselman.

O Quiksilver Saquarema Prime terminou no 18º heat do heat do dia e Marlon Lipke terá de esperar pelo dia de amanhã para mostrar o seu surf. Acompanha tudo em directo AQUI!

Heats com portugueses:
Round 1
Heat 19:
Matt Banting x Kiron Jabour x Torrey Meister x Marlon Lipke

Round 2
Heat 5
: Dion Atkinson x Tiago Pires x Michael Dunphy x Jesse Mendes
Heat 7: Frederico Morais x Connor Coffin x Ricardo Christie x Nicolau Von Rupp

Comentários