O Nissan Super Girl Pro, prova QS 6.000 a contar para o circuito feminino de qualificação da World Surf League realizada na praia de Oceanside, Califórnia, não começou bem para as surfistas portuguesas.

4 das 5 representantes lusas nesta prova não passaram do primeiro dia prova, o que deixou Teresa Bonvalot como a única portuguesa em prova mesmo antes de se estrear no round 3, no segundo dia de prova.

Teresa foi a que fez menos ondas no seu confronto com a top do CT, Tatiana Weston-Webb, Rachel Presti e Leticia Canales Bilbao. A portuguesa abriu a sua prestação com uma nota de 5 pontos, e a meio da bateria melhorou a sua nota com um 6.33, graças a uma boa rasgada e uma finalização explosiva na junção, ocupando a liderança enquanto não saia o back up de Tatiana. A havaiana, que agora representa o Brasil, ainda melhorou a sua situação com uma nota de 8.33, enquanto que Teresa só surfou mais uma onda, uma direita, melhorando o seu back up para 5.67, o que foi o suficiente para deixar Rachel e Leticia fora da prova.

Outros destaques desta fase vão para para as tops do CT, Nikki Van Dijk, Carissa Moore e Lakey Peterson, que surfaram acima da média e avançaram para a fase seguinte. As próximas adversárias de Teresa Bonvalot serão duas surfistas que conhece bem, Leilani McGonagle e Isabella Nichols, no heat 1 do round 4.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários