O dia 4 do Corona Open China, prova de 5.000 pontos a contar para o ranking QS, avançou com ambas as categorias, masculina e feminina em ondas de meio metro com pouca consistência.

Na categoria masculina apenas se encontrava um representante luso ainda em prova, Guilherme Fonseca, que tinha como adversários Mihimana Braye e Te Kehukehu Butler. Foi uma bateria muito equilibrada, com o primeiro e o terceiro a acabarem separados por menos de um ponto. Infelizmente foi Fonseca que ficou de fora, recebendo uma nota com menos 0.2 pontos abaixo do requisito, acabando a sua prestação na China com um 17º lugar. Nota positiva para Dylan Groen, que representa a Alemanha mas pode ser considerado como um “produto” do surf português, que eliminou Joshua Moniz para avançar para os oitavos de final, onde foi eliminado por pouco por Reo Inaba.

Na prova feminina acontecia o mesmo, Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins eram eliminadas por pouco em 3º lugar, acabando ambas também em 17º lugar, fechando assim a prestação da “Armada Lusa” na China.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários