Surfistas lusos em destaque nas melhores condições do dia 2 em Santa Cruz

publicado há 4 semanas por 0

SURFISTAS-LUSOS-EM-DESTAQUE-NO-DIA-2-DO-PRO-SANTA-CRUZ-2017

O primeiro dia do Pro Santa Cruz Presented by Oakley acabou por ser declarado um lay day, depois de vários calls. Mas no segundo a prova arrancou sem grandes hesitações apesar de, inicialmente, as condições não estarem as melhores. Os primeiros heats foram mesmo os mais “duros” do dia, já que a escolha de ondas poderia superar os “skills”.

No entanto, chegando perto do fim da primeira fase, as ondas de meio metro começaram a proporcionar algumas secções muito boas para dar grandes manobras. Um dos lusos que melhor aproveitou a melhoria foi o júnior Luís Perloiro, que mostrou parte do que aprendeu no competitivo tour de qualificação. O goofy de Carcavelos foi fortíssimo de frontside, fazendo boas transições de rasgadas para finalizações radicais, dominando assim um heat difícil.

Pouco depois seria outro goofy português de alto nível, Francisco Alves, a mostrar que não ter (quase) autocolantes na prancha não quer dizer nada e também surfou bem as esquerdas para “limpar” o seu heat. Mais forte e soltinho que qualquer outro nesta fase foi o francês Marc Lacomare e ainda Ethan Osborne, que fez a melhor manobra da prova até agora, o brasileiro voador, Halley Batista, e outro francês, Dimitri Ouvre, mostraram estar num nível muito alto.

Seguiu-se o round 2 que começou com uma performance impressionante de Samuel de Souza, numa bateria onde Ruben Gonzalez lutou muito para conseguir o segundo lugar e acabou por conseguir. A “batalha” mais dura da prova poderá ter sido o heat 2 do round 2, que juntava um top do Championship Tour, Joan Duru, um ex-top do Championship Tour, Marlon Lipke, um japonês inspirado, Kaito Ohashi e um jovem talento luso, Martim Magalhães. Martim não ficou muito atrás dos seus adversários mas os goofies fizeram uma disputa incrível com muitas mudanças de lugar entre os três. Foi o actual número 29 do tour principal, Joan Duru, quem acabou por ser eliminado, com Kaito em 1º e Marlon em 2º.

Também Nicolau Von Rupp deu o “ar de sua graça”, chegando do Havai, onde esteve à procura de ondas gigantes, para dominar neste dia de ondas pequenas, vencendo o seu heat com autoridade. Uma das surpresas pela positiva foi o brasileiro radicado na Ericeira, Felipe Teixeira, Sushi Man de profissão mas “surfista de mão cheia” que já passou duas fases a competir por Portugal. Da Ericeira surgiu outro resultado inesperado, a eliminação de um dos surfistas lusos mais dedicados ao tour, Tomás Fernandes, que esteve sempre na disputa num heat com muitas notas fortes mas acabou por perder, juntamente com outros portugueses que mostraram bom surf nesta segunda fase como Eduardo Fernandes, Henrique Pyrrait e Jácome Correia.

Acompanha o próximo dia de prova em directo AQUI!

Round 2
Heat 11 | Thiago Guimarães x Pedro Coelho x Eithan Osborne x Lander Davila
Heat 14 | Jake Marshall x Tiago Santos x Luis Perloiro x Gearoid McDaid
Heat 15 | Tristan Gibaud x Guilherme Fonseca x Marc Lacomare x Kairi Noro
Heat 16 | Adrien Toyon x Vincent Duvignac x Francisco Alves x Juanjo Fernandez

Round 3
Heat 1 | Hiroto Ohhara x Miguel Blanco x Samuel De Souza x Marlon Lipke
Heat 2 | Timothe Bisso x Marco Giorgi x Kaito Ohashi x Ruben Gonzalez
Heat 3 | Aritz Aranburu x Pedro Henrique x Charly Quivront x Ian Costa
Heat 4 | Jorgann Couzinet x Vincent Romero x Nicolau Von Rupp x Peterson Crisanto
Heat 5 | Victor Bernardo x Makai McNamara x Felipe Teixeira x John Mel
Heat 8 | Kanoa Igarashi x Tiago Pires x Halley Batista x Dimitri Ouvre
Heat 9 | Frederico Morais x Titouan Boyer + 2
Heat 14 | Vasco Ribeiro x Miguel Tudela + 2

Comentários