Soli Bailey garante a primeira vitória aussie no Volcom Pipe Pro

publicado há 2 semanas por 0

SOLI-BAILEY-VENCE-EM-PIPELINE-2017

Alguns dias depois de ter parado à espera de melhores condições o Volcom Pipe Pro voltou à água para coroar um campeão. Os dois portugueses em prova, Miguel Blanco e Nicolau Von Rupp tinham competido em condições difíceis o que acabou por ditar as suas derrotas em heats de pontuações baixas.

O round 4 foi a fase em que começaram a surgir os verdadeiros destaques da prova. Soli Bailey, John John Florence, Adriano de Souza e principalmente, Lucas Silveira, começaram a surgir como favoritos mas ainda nesta fase assistiu-se a vitórias de nomes mais surpreendentes, como David do Carmo e Leandro Usuna.

A prova começou a ficar realmente competitiva nas meias finais. Logo no primeiro heat Soli Bailey e Griffin Colapinto fecharam a bateria com as melhores ondas do heat e garantiram presenças na final, eliminando Usuna e Florence.

O heat seguinte foi ainda mais interessante. Bruce Irons, que já foi um dos melhores em Pipe e tem recebido vagas para competir na etapa do Championship Tour neste pico, parecia ter perdido o seu “mojo”. No entanto, nesta prova, parece ter “renascido das cinzas” e venceu o seu 3º heat consecutivo, garantindo um lugar na final. Em combinação em segundo lugar ficou o ex-campeão do mundo e Pipe Master, Adriano de Souza, que deixou David do Carmo e o guerreiro basco, Aritz Aranburu, em 3º e 4º lugares.

A final foi mais um heat muito disputado, mas com notas muito baixas. Soli Bailey saiu vencedor, conseguindo a primeira vitória aussie do Volcom Pipe Pro. Adriano de Souza ficou em 2º, seguido de Griffin Colapinto (3º) e Bruce Irons (4º).

Comentários