O Eurosurf 2019, prova que decide os campeões europeus individuais e por equipas, está na recta final e Portugal está numa boa posição para manter o título.

Com a prova feminina já despachada, 4 surfistas lusos ainda se mantinham no início deste dia de prova, 2 dos 3 competidores da categoria Surf Man e os dois das duas categorias de longboard, masculina e feminina. O grande destaque do dia foi novamente Eduardo Fernandes, que abriu o seu heat do round 4 do main event com uma nota de 9 pontos e não olhou mais para trás. Em segundo nessa bateria ficou o italiano Edoardo Papa e em terceiro, relegado à repescagem, ficou Jay Quinn, um surfista que já esteve perto de se qualificar para o CT pela Nova Zelândia e actualmente compete por Inglaterra, nação sobre a qual conquistou este título em 2017.

Na fase seguinte Eduardo passou em segundo lugar pela primeira vez nesta prova, atrás de Leon Glatzer, mas ambos garantiram presença na final do evento. O outro representante da selecção nacional ainda em prova nesta categoria era Pedro Henrique, que tinha caído para a repescagem no dia anterior mas provou mais uma vez que está em grande forma para passar mais duas baterias de alto nível. Pedro encontra-se agora na final da repescagem, onde terá que disputar com Jay Quinn, Kian Martin e Gonzalo Vidal uma das duas vagas disponíveis para se juntar ao seu grande amigo Eduardo na final.

Na categoria Longboard Men o campeão em título do evento, João Dantas, sofreu uma surpreendente derrota no round 3, mas recuperou rapidamente com a segunda melhor média de toda a prova, 17.50 pontos, para se garantir na final contra Federico Nesti, Evan Rodgers e Lucas Carlisle. Já na categoria feminina também Inês Martins sofreu uma derrota surpreendente no round 3 mas terá mais uma oportunidade de se garantir na final.

Acompanha todas as decisões em directo AQUI!

Comentários