Começou hoje a prova que irá definir os campeões europeus de surf, o Eurosurf 2017. Realizada em Klepp, na Noruega, este evento recebeu uma sólida selecção portuguesa, uma equipa que promete fazer grandes estragos e, quem sabe, trazer para o nosso país mais um título.

Em prova neste dia esteve apenas a categoria masculina e o sucesso foi total. Apesar de se sentir muito frio e das ondas pequenas em água gelada o local da Ericeira, Tomás Fernandes, fez um statement logo no primeiro heat da prova. Tomás dominou o heat batendo Rhys Barfield, Cillian Ryan e o local, Christoffer Hartkopp (que por acaso passa a maior parte do ano em Portugal).

Guilherme Fonseca apanhou uma das piores fases do dia, com muita chuva e vento mas nem isso impediu de vencer o seu heat. Também Pedro Henrique, um forte candidato à vitória no evento, foi destaque, conseguindo a segunda melhor média do dia.

Eduardo Fernandes encontrou mais dificuldades mas no fim conseguiu também a qualificação para fase seguinte juntamente com Jay Quinn, um surfista australiano que já esteve perto do CT mas que surge nesta prova a representar o País de Gales.

Sobre o primeiro dia de prova David Raimundo, selecionador nacional, comentou o seguinte, “As condições estiveram bastante difíceis, com ondas de meio metro ou menos. Mas os nossos atletas conseguiram adaptar-se, superaram as adversidades e alcançamos o objetivo, surfar bem e manter todos os atletas no quadro principal.”

Acompanha a evolução desta prova AQUI!

Comentários