Em dia oficial do arranque do ano letivo, o Banco Santander decidiu finalmente anunciar o “Santander Award” com base em critério misto que integra os resultado desportivo e aproveitamento escolar dos melhores surfistas nacionais com até 18 anos, visando assim promover a importância do bom desempenho conjuntamente dentro e fora de água, sendo atribuídos 1.500€ repartidos entre o e a melhor surfista estudante.

Carla Bento dos Santos, Diretora de Marketing Banco Santander Portugal
“O Banco Santander e o Surf na crista da onda. Porque privilegiamos o mérito, porque acreditamos que o futuro começa nos mais jovens que reúnem caraterísticas diferenciadoras de destaque na competição. Os atletas ambicionam chegar mais longe, para isso têm de ser capazes de fazer a diferença com relevância e valor. Resiliência, superação, ambição e empenho são valores que fazem parte do ADN das nossas equipas para cada vez mais e melhor estar ao lado dos nossos clientes. Em Portugal o Surf é um desporto que tem provado ao longo dos tempos que é uma aposta ganha, pela qualidade dos atletas e pelo profissionalismo de toda a organização.”

Com uma etapa da Liga MEO Surf, a principal competição nacional e que define os títulos máximos do Surf em Portugal, ainda por disputar de 3 a 5 de Outubro em Cascais, mas com o ano letivo de 2018/2019 já terminado, os surfistas com melhor resultado desportivo ao momento e principais candidatos ao Santander Award são os seguintes:

Principais Candidatos ao Santander Award

Masculino

  1. João Vidal – 385 pontos médios desportivos
  2. Joaquim Chaves – 382.5 pontos médios desportivos
  3. Vasco Cordeiro – 370 pontos médios desportivos

Feminino

  1. Mafalda Lopes – 610 pontos médios desportivos
  2. Gabriela Dinis – 601 pontos médios desportivos
  3. Carolina Santos – 455 pontos médios desportivos

Declarações de João Vidal, atual número 14 do Santander ranking masculino
“Fico muito feliz por saber que as marcas e instituições, neste caso concreto o Santander, apoiam cada vez mais o surf e os surfistas mais jovens. Penso que este prémio vai ser muito bom para trazer ainda mais competição entre os mais novos na Liga MEO Surf. Nem sempre é fácil conseguir conciliar os estudos com a alta competição, mas para quem tem ambições académicas e desportivas é fundamental consegui-lo. Só com muito compromisso, responsabilidade e disciplina é possível conciliar tudo.”

Declarações de Mafalda Lopes, atual número 3 do Santander ranking feminino
“Penso que este prémio é bastante importante, pois não só dá valor ao surf do atleta, como também premeia a capacidade que este tem de conciliá-lo com a escola, o que hoje em dia é cada vez mais difícil. É essencial conseguir conjugar o surf com a escola, pois nos dias que correm a educação e a cultura são bases essenciais para qualquer pessoa, seja atleta ou não. Vou, certamente, lutar com tudo para vencer este prémio, uma vez que sinto que é bastante gratificante poder ser reconhecida pelo esforço que fiz no surf, mas também na escola.”

Aguarda-se assim que os surfistas visados façam chegar o report oficial das notas escolares à Associação Nacional de Surfistas, sendo que os vencedores finais serão anunciados no jantar anual de encerramento da Liga MEO Surf por ocasião dos Portugal Surf Awards.

Esta iniciativa vem reforçar a ligação do Banco Santander com os melhores surfistas nacionais, uma vez que no início da presente temporada esta instituição entrou na Liga MEO Surf como sponsor do ranking – masculino e feminino – e também dando nome à inovadora licra Santander, que é vestida em todas as etapas pelos surfistas que lideram os respetivos rankings.

Comentários