Mais uma vez a maré não ajudou e o início do round 2 do Quiksilver Gold Coast Pro foi adiado por algumas horas. Com a maré a vazar ficou patente que as ondas estavam ainda melhores que no dia anterior e o primeiro heat entrou na água ao 11.3o locais.

Tiago Pires estava no segundo heat do dia e logo na sua primeira onda era visível que o português tinha aprendido com o heat anterior. Saca fez questão de começar o heat com uma onda sólida graças um grande carve na primeira secção, seguindo-a com uma série de manobras bem encaixadas “down the line”. Jordy respondeu bem, com um carve também incrível mas não conseguiu aproveitar tão bem o resto da onda. Pouco depois Tiago fez mais uma onda muito semelhante, apesar de não ter tido um inside tão “pontuável” como na primeira.

Jordy respondeu pouco depois, mas mostrou-se ligeiramente “enferrujado” no inside, ficando a 0.03 pontos do requisito para a liderança. A partir daí o sul-africano guardou a prioridade até ao fim do heat à espera de uma onda boa enquanto que Saca se manteve muito activo. O português acabou por não melhorar a sua média mas mostrou boa forma nas ondas que apanhou. Um bom tubo e um carve numa onda isolada provou que Tiago Pires está a recuperar o seu ritmo, e poderá fazer ainda mais estragos.

As grandes surpresas do dia foram a eliminação de Kai Otton pelo rookie Dion Atkinson e John John Florence por Travis Logie. Florence é um dos favoritos em quase qualquer prova do WCT mas neste dia Travis mostrou-se muito superior. Logie escolheu bem as suas ondas e meteu o seu incrível backside a funcionar. Por sua vez John John não conseguiu apanhar ondas com potencial e perdeu com uma média inferior a 4 pontos.

Outro regressado ao tour, Owen Wright, mesmo não tendo feito o seu melhor surf, conseguiu passar o seu heat frente a Raoni Monteiro nas condições mais marginais deste dia de prova. Depois deste heat o campeonato parou durante cerca de uma hora e meio e quando regressou Adriano de Souza derrotou o rookie Aritz Aranburu.

O segundo round acabou por ficar pelo heat 8, não sendo possível acabar esta fase devido às horas que a prova esteve on hold.

No entanto já estão decididos alguns heats do round 3, incluindo o de Tiago Pires que irá competir contra Kelly Slater no sétimo heat da fase. Acompanha tudo em directo AQUI.

(O heat de Tiago Pires VS Jordy Smith)

Comentários

Os comentários estão fechados.