Round 1, masculino e feminino, terminado em Bells | Dia 2

publicado há 2 anos por 0

RIP-CURL-PRO-BELLS-BEACH-2015-DIA-2

Mesmo com algumas hesitações no início da prova o Rip Curl Pro Bells Beach voltou à água e terminou os round 1 masculino e feminino.

As ondas passavam o metro e meio com forte vento on-shore, o que dificultou bastante o trabalho aos melhores surfistas do mundo. A escolha de ondas foi determinante como seu viu logo no primeiro heat, vencido por Nat Young. Logo de seguida Joel Parkinson não se conseguiu destacar de Glenn Hall e Miguel Pupo mas com um par de notas 6 ficou na frente da bateria. Em cima do toque Pupo, que tinha feito a melhor nota do heat, apanhou uma onda e teria feito a nota mas aparentemente já foi tarde e não contou.

Os últimos três heats da fase foram vencidos por australianos, Josh Kerr, Owen Wright e Julian Wilson. Owen parece ter voltado às grandes performances e o seu surf de backside foi o melhor do dia e da prova até agora. Jadson André era segundo no heat e o líder do circuito, Filipe Toledo, perdia em terceiro.

Também a prova feminina foi à água neste segundo dia de prova e novamente o destaque do dia foi Silvana Lima. Apesar de ser uma das mais antigas surfistas do tour, o seu ano “off” parece ter sido muito bem aproveitado pois a brasileira é no momento uma das mais impressionantes surfistas do circuito. A vitória não lhe sorriu, mas fez a única nota 10 da prova e não teve de abusar do seu trunfo, o aéreo. Sally Fitzgibbons foi quem venceu a bateria mas é certo que todas as surfistas do circuito a temem neste momento.

Entre as veteranas do top4 apenas Tyler Wright caiu para a repescagem, eliminada por Johanne Defay que está a provar que os seus resultados de 2014 não foram um “fluke”.

Entretanto o terceiro dia do Rip Curl Pro Bells Beach acabou por ser um lay day, devido às fracas condições disponíveis. Acompanha toda a acção do próximo dia de prova AQUI!

Comentários