Round 1 do Vans US Open of Surfing completo com surpresas…

publicado há 3 anos por 0

Vans-US-Open-of-Surfing-Day-3

Como previsto, o round 1 terminou hoje e as supresas são bastantes…

O Vans US Open of Surfing é provavelmente o campeonato de surf com o mais rigoroso horário isto pois, paralelamente ao surf, há várias outras acções a acontecer, desde skate a bmx e passando por música e muita festa. Juntando ainda ao baralho a competição feminina, e percebe-se porque nada pode falhar!

Assim, como suposto, hoje, terceiro dia do evento, terminou o round 1 masculino e juntando os dois dias de competição houve várias surpresas neste primeiro round deste evento Prime.

As primeiras surpresas, para nós portugueses, foram a eliminação dos três lusos em prova, Nicolau Von Rupp, Marlon Lipke e Frederico Morais. E, juntamente com heat de Morais veio uma outra surpresa, o cancelamento de última hora de Slater (que ia no heat do surfista do Guincho). Durante o dia de hoje já se soube um pouco mais sobre a lesão que Slater alegou ontem e que por momentos deixou a web lotada de opiniões e teorias da conspiração pois um dia antes o 11x campeão do mundo tinha colocado um vídeo no seu Instagram a surfar na esteira de um barco. Assim, Slater disse aos media que a sua lesão no ombro (que Slater já “carrega” há uns meses) agravou-se daí ter optado por não competir.

Com o mar muito parecido com o dia de ontem (em que se realizaram os primeiros 18 heats do round 1) vários foram os surfistas do WCT que se viram obrigados a preparar as malas para o Tahiti (próxima etapa do WCT) mais cedo do que esperariam. Matt Wilkinson, que vinha de um resultado brilhante em JBay, foi uma das baixas, perdendo para um endiabrado Vincent Duvignac (que salvou assim a honra do contigente europeu juntamente com Joan Duru, Aritz Aranburu, Charles Martin e Jonathan Gonzalez) e Keanu Asing.

Nat Young foi outro surfista do WCT que não se conseguiu adaptar à escassez de ondas de Huntington, assim como Alejo Muniz que perdeu num heat onde estava também Dane Reynolds, passando este último para o round 2 em segundo (atrás de Alex Ribeiro).

Toledo e Julian Wilson passaram os seus heats mas a surpresa é que o fizeram em segundo, atrás de nomes do WQS. Toledo passou atrás de Carlos Munoz e Wilson atrás de uma das maiores promessas do surf americano, o muito jovem Kanoa Igarashi (que fez “só” a média do round 1, 17.66 pontos). Damien Hobgood foi outras das baixas menos esperadas assim como Adrian Buchan.

Neste momento o round 2 já está na água (podes assitir ao vivo aqui) e irá realizar-se até ao heat 7 pelo que se queres adormecer com surf de alto nível então é só veres o Vans US Open of Surfing ao vivo!

Ah, e não te esqueças que a G-SHOCK Portugal juntamente com a VANS e a ONFIRE estão a oferecer um relógio G-Shock assim como prémios Vans a quem acertar no vencedor deste evento. Descobre todos os detalhes deste passatempo aqui!

 

Comentários