As ondas melhoraram na Praia de Santa Bárbara e, de imediato, o nível de surf aumentou muito para o segundo dia do Azores Airlines Pro, prova QS 6.000 a contar para o ranking masculino realizada em São Miguel, Açores.

Em picos até um metro, com boas esquerdas e direitas e água morna, 1o portugueses competiram neste dia mas apenas um avançou para a fase seguinte. Ainda no round 1 Frederico Magalhães, Pedro Coelho, Henrique Pyrrait e Francisco Carrasco encontraram dificuldades em fazer notas acima dos 3 pontos e foram eliminados quase todos em quarto lugar. Eduardo Fernandes, Luís Perloiro e Miguel Blanco conseguiram fazer notas melhores mas foram eliminados à mesma, enquanto que Vasco Ribeiro, no último heat da fase, liderou uma bateria com três surfistas lusos durante muito tempo mas no fim caiu para segundo lugar, avançando para o round 2 atrás de Noe Mar McGonagle.

No round 2 estavam já Sidney Guimarães e o wildcard local, Peter Healion, mas ambos foram eliminados por Alex Ribeiro e O’Neill Massin. A prova ficou pelo quarto  heat da fase, deixando ainda os 4 portugueses a aguardar pelo próximo dia de prova para competirem nas suas baterias. Os destaques do dia foram nomes como Te Kehukehu Butler, Charly Quivront e Marc Lacomare, que surfaram um pouco acima da média.

Acompanha a evolução do Azores Airlines Pro em directo AQUI!

Heats com portugueses
Round de 96
Heat 6 | Frederico Morais x Wiggolly Dantas x Hiroto Arai x Matheus Navarro
Heat 7 | Tim Bissot x Jácome Correia x Ruben Vitoria x Colt Ward
Heat 12 | Matt Banting x Marco Mignot x Samuel Souza x Afonso Antunes
Heat 23 | Luel Felipe x Tomas Hermes x Shun Murakami x Vasco Ribeiro

Comentários