A menos de duas semanas do início de mais uma prova importante da International Surfing Association, a ISA, a selecção portuguesa é revelada.

ISA World Surfing Games 2018, realizado em Tahara, Japão, é um prova por selecções, com títulos mundiais individuais e por equipas em disputa. Os seis os lusos que irão competir entre os dias 15 e 22 de Setembro, são alguns dos nomes de maior referência do surf português não só da actualidade como de sempre.

Vasco Ribeiro, Tomás Fernandes e Pedro Henrique,  são os três atletas de surf Open escolhidos para representarem a selecção lusa. Já no surf feminino o nosso país será representado por três campeãs nacionais,  Teresa Bonvalot, Carol Henrique e Camila Kemp. Em ambas as categorias os surfistas portugueses, além de serem destaques no nosso país, são também atletas com muita experiência no circuito mundial da WSL.

Com a confirmação da modalidade nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, as expectativas estão altas para todos os atletas que querem mostrar o seu melhor surf para representarem as suas selecções.
A comitiva portuguesa vai disputar um lugar do pódio com mais de 40 selecções, representadas pelos melhores surfistas mundiais. 28 anos depois, o Japão recebe este campeonato que abrange cerca de 300 atletas oriundos de todo o mundo.

Depois de no último ano, termos sido vice-campeões do mundo pelo terceiro ano consecutivo, vamos para o Japão muito confiantes num bom resultado. No entanto, com os jogos olímpicos à porta, todas as selecções têm a ambição de prepararem os seus melhores atletas para serem campeões do mundo. Vai ser uma competição difícil, mas queremos colocar novamente Portugal no pódio”, afirma João Jardim Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf.

Força Portugal!!

Comentários