Os heats e as novidades do Quiksilver & Roxy Pro France

publicado há 6 meses por 0

quiksilver-pro-france-2016

Está quase a entrar na água a primeira etapa europeia do Championship Tour masculino de 2016, o Quiksilver Pro France.

Com o título mundial ao rubro, esta etapa será certamente uma das mais interessantes do ano e tanto John John Florence como Gabriel Medina e Matt Wilkinson procuram aqui uma oportunidade de ficar mais perto do título mundial. Os dois primeiros do ranking venceram esta etapa no passado e prometem fazer uma grande batalha em Hossegor, mas Wilkinson ainda não desistiu da ideia de acabar no topo.

Os wildcards são dois surfistas que deverão estar a comeptir nesta etapa para o ano como membros do CT, o italiano Leonardo Fioravanti e o francês Joan Duru.

E, tirando Mick Fanning e os lesionados Owen Wright e Bede Durbidge, os “suspeitos do costume” estão todos em prova. Acompanha tudo em directo AQUI!

Heats do round 1
Heat 1: Joel Parkinson (AUS), Nat Young (USA), Matt Banting (AUS)
Heat 2: Kelly Slater (USA), Kanoa Igarashi (USA), Keanu Asing (HAW)
Heat 3: Jordy Smith (ZAF), Jadson Andre (BRA), Kai Otton (AUS)
Heat 4: Matt Wilkinson (AUS), Miguel Pupo (BRA), Leonardo Fioravanti (ITA)
Heat 5: Gabriel Medina (BRA), Dusty Payne (HAW), Ryan Callinan (AUS)
Heat 6: John John Florence (HAW), Conner Coffin (USA), Joan Duru (FRA)
Heat 7: Adrian Buchan (AUS), Stuart Kennedy (AUS), Jeremy Flores (FRA)
Heat 8: Italo Ferreira (BRA), Wiggolly Dantas (BRA), Alex Ribeiro (BRA)
Heat 9: Julian Wilson (AUS), Caio Ibelli (BRA), Alejo Muniz (BRA)
Heat 10: Kolohe Andino (USA), Sebastian Zietz (HAW), Jack Freestone (AUS)
Heat 11: Filipe Toledo (BRA), Josh Kerr (AUS), Davey Cathels (AUS)
Heat 12: Adriano de Souza (BRA), Michel Bourez (PYF), Adam Melling (AUS)

Na prova feminina as coisas estão um pouco mais interesantes. Ao contrário da sua posição na etapa de Portugal, o Cascais Women’s Pro, Tyler Wright não está dependente de resultados de terceiros para se sagrar campeã, apenas precisa de vencer a etapa.

Eis os cenários possíveis nesta disputa pelo título mundial:
– Se Tyler Wright vencer a etapa sagra-se campeã mundial;
– Se Tyler Wright ficar em 2º ou 3º lugar, Courtney terá de vencer para adiar a disputa para o Havai;
– Se Tyler Wright ficar em 5º lugar, Courtney terá de ir à final para adiar a disputa para o Havai;
– Se Tyler Wright ficar em 9º lugar, Courtney terá de ficar pelo menos em 3º lugar para adiar a disputa para o Havai;
– Se Tyler Wright ficar em 13º lugar, Courtney terá de ficar pelo menos em 9º lugar para adiar a disputa para o Havai;

Heats do round 1
Heat 1: Johanne Defay (FRA), Sally Fitzgibbons (AUS), Keely Andrew (AUS)
Heat 2: Tatiana Weston-Webb (HAW), Sage Erickson (AUS), Lakey Peterson (AUS)
Heat 3: Tyler Wright (AUS), Bianca Buitendag (ZAF), Chelsea Tuach (BRB)
Heat 4: Courtney Conlogue (USA), Nikki Van Dijk (AUS), Bronte Macaulay (AUS)
Heat 5: Carissa Moore (HAW), Laura Enever (AUS), Alessa Quizon (HAW)
Heat 6: Stephanie Gilmore (AUS), Malia Manuel (HAW), Coco Ho (HAW)

Comentários