São várias as provas de relevo da WSL que estão em vias de arrancar, e há competidores lusos em todas elas.

O período de espera do Paul Mitchell Neon Supergirl Pro, uma etapa QS 6.000 do circuito feminino, é uma de apenas 6 etapas com essa pontuação, que é a mais alta do circuito feminino, sendo que depois desta prova ficarão a faltar realizar apenas duas.

Isso significa que as pretendentes ao Championship Tour feminino de 2018 terão aqui uma das últimas oportunidades de pontuar forte, de modo a não ficar a depender de resultados muito altos em etapas de cotações baixas. Entre as competidoras presentes nesta prova, que se realiza em Oceanside, Califórnia, EUA, estão três portuguesas. Carol Henrique, Teresa Bonvalot e Camilla Kemp estão divididas entre os rounds 2 e 3 mas ainda terão de esperar por resultados das fases anteriores para ficar a conhecer todas as suas adversárias.

Acompanha tudo em directo AQUI!

Heats com portuguesas:
Round 2
Heat 2 | Teresa Bonvalot x Codie Clayn + 2 (do round anterior)
Round 3
Heat 1 | Carol Henrique
x Ren Hashimoto + 2 (do round anterior)
Heat 9 | Caroline Marks x Camilla Kemp + 2 (do round anterior)

 

Também para breve está a primeira etapa do Big Wave Tour de 2017, o Puerto Escondido Challenge, que está em “alerta verde” para começar no dia 30 de Julho. Dois surfistas portugueses estavam classificados para este prova, António Silva e João Macedo mas o primeiro não poderá estar presente por estar a recuperar de uma lesão. Já João Macedo estará definitivamente entre os 24 mais atirados surfistas do planeta, pronto para deixar a sua marca novamente no circuito de ondas grandes.

Acompanha tudo em directo AQUI!

Heats com portugueses:
Heat 4 | Jamie Mitchel x João Macedo x Francisco Porcella x Damien Hongood x Rogercin Ramirez x Oscar Moncada

 

Comentários

Deixe uma resposta